A Honda CB1000R vai completar um década de vida no ano que vem, o que a torna uma idosa, basicamente, já que o desenvolvimento das nakeds avança como idade de cachorro se comparado ao relógio normal. Ou seja, tá mais do que na hora dos japoneses se mexerem para alcançar a concorrência.

Pra você ter uma ideia, a CB1000R é equipada com o motor da Fireblade de 2007, que apesar de produzir bons 130 cv, já está defasado em relação aos 165 cv da BMW S1000R e dos 160 cv da Yamaha MT-10, por exemplo. Além do coração já cansado, a eletrônica da Honda não é tão completa quanto a dos concorrentes, especialmente a alemã.

Por isso circula pela imprensa internacional o rumor de que no Salão de Milão deste ano a Honda vai finalmente renovar a CB1000R. A esperança é que ela traga um motor derivado da Blade atual, na casa dos 155~160 cv, quadro e suspensão também emprestados da esportiva e eletrônica completa: acelerador eletrônico, controles de torque e de tração e um quick-shifter de trocas mais rápidas de marcha.

Honda CB1100TR conceito

Seria bom também se visualmente eles dessem uma boa mexida na moto. O design à la Hornet já está datado e o conceito CB1100TR que a Honda mostrou ano passado pode ser uma inspiração ousada, que mistura elementos de diferentes tipos de motocicletas (naked, cafe e retrô). É claro que a versão de produção não será tão radicalmente diferente desse jeito, mas é possível esperar alguma relação, já que o estúdio italiano que criou este conceito também brincou com as novas Africa Twin, então…quem sabe?