A beleza do mundo da preparação é que você pode conseguir dar um upgrade no desempenho a ponto de deixá-lo ainda mais forte do que a versão mais nervosa original dele. É o caso desse Mercedes-AMG GT que você vê nas fotos.

Equipado com um módulo eletrônico Bi-Tronik 5 “plug-and-play” da G-Power, o cupê ganha 88 cv de potência e atinge 610 cv e 77 kgfm de torque do motor V8 biturbo. O resultado deixa ele confortavelmente acima do monstro GT-R (o Hulk, não o Godzilla) de 585 cv e 71,3 kgfm de torque.

Com esse kit, a meca chega aos 100 km/h em 3,5 segundos, uma evolução de 0,3 segundos da versão regular e 0,1 do Hulk.

Além da mexida no motor, a preparação também inclui um jogo de rodas de liga ultra leve Hurricane RR de 20” na frente e 21” atrás, calçadas com pneus 275/30 e 305/25, respectivamente.