A Mini levou para Frankfurt o conceito GP do Cooper e ele foi a estrela da marca no evento. Mas enquanto os olhos estavam voltados para o conceito, os engenheiros estavam em Nürburgring testando o facelift que virá por aí.

Além do tapinha de leve no visual, o Mini vai ganhar uns avanços mecânicos que podem render uns cavalinhos a mais sob o capô. Por exemplo, o coletor de escape e turbo vão ser instalados de maneira mais compacta direto no cabeçote. O turbo das versões com motor 1.5 de três canecos serão feitos de alumínio, enquanto a carcaça dos motor de dois litros e quatro bocas será de aço. Os caras ainda vão aprimorar o sistema de arrefecimento dos dois motores.

Tudo isso pode fazer com que os Cooper gerem mais potência. Atualmente, o motor 1.5 tem 136 cv e o 2.0 tem 192 cv.

Mini Cooper

O site Carscoops ainda ventilou uma possibilidade de trocarem o câmbio do Mini por um de dupla embreagem, mas isso aí é um rumor que tá longe de ser confirmado, é uma mera aposta.