A versão T8 do novo Volvo XC60 já é uma boa opção pra quem quer aliar as necessidades familiares com um desempenho mais empolgante, mas a Polestar pode fazer mais. A divisão esportiva da marca sueca está oferecendo um pacote de performance para o utilitário que promete deixá-lo mais afinado pra uma condução emocional.

São só 21 cavalinhos a mais no motor de dois litros de quatro cilindros depois que a Polestar devolve o carro da oficina, mas juntando com a potência original, os 433 cv no total deixam o XC60 no topo da cadeia alimentar dos SUVs da Volvo no quesito desempenho, por ser mais leve que o XC90 (com mesma potência, já que também pode receber esse pacote esportivo).

O que conta mesmo nessa mexida é a calibração do câmbio. Ele passa a trocar de marchas mais rápido e seu comportamento prioriza marchas mais baixas em situações de saída de curvas, além de aproveitar melhor a curva de torque do carro, com pico de 65 kgfm. O acelerador também fica mais sensível. É como se fosse um estágio a mais do modo dinâmico do carro, que, de quebra, adiciona potência ao suvzinho.

O XC60 novo já é vendido no Brasil, mas só na versão T5 de 257 cv. A híbrida T8, de 412 cv, com motor a combustão supercharged e turbo assistido por outro elétrico para tracionar as rodas de trás, ainda não chegou por aqui.