Compactando os graves: o mercado nacional de áudio está sendo invadido por uma nova gama de produtos: caixas seladas amplificadas. veja alguns modelos já vendidos e outros que, em breve, ganharão as lojas do Brasil!

TECSOM01

Caixas de graves compactas estão caindo cada vez mais no gosto do consumidor de áudio. Além de complementar o conjunto, elas possuem outra característica fundamental: não ocupar espaço no carro! “Não é todo mundo que gosta de som extremamente forte. Há, aliás, muita gente em busca de sistemas mais harmoniosos, com ênfase na qualidade, e não na quantidade de som”, afirma Robert Amorin, consultor técnico da nacional Falcon. A fabricante lançou há pouco a Slim X 200 Attiva, uma caixa de alumínio com falante de 8”, capaz de produzir 200 W RMS de potência. Como sugere seu nome, ela é equipada com um módulo digital, o qual pode ser conectado via fio (com acionamento automático) ou cabo RCA.

TECSOM02

Mesmo com todo esse potencial, ainda é o seu tamanho o mais impressionante: tem 40 centímetros de largura, 24,5 cm de comprimento e somente 8 cm de altura. Ou seja, ele vai caber facilmente sob um dos bancos dianteiros, sem interferir em nada do espaço interior. O material (alumínio), segundo o especialista, é ultraresistente, contribuindo para a performance do falante. “É mais do que suficiente para quem busca um conjunto equilibrado, com qualidade e boa definição. Tem instalação simplificada e mudará por completo a dinâmica sonora”, finaliza Robert.

TECSOM03

Seguindo a tendência, a Audiophonic investe pesado no segmento de caixas compactas. Em novembro, os modelos APS 20 e APS 21, da linha Sensation, ganharão o mercado, com preço sugerido de R$ 735 e R$ 999, respectivamente. O diferencial entre os produtos, segundo o fabricante, está nos amplificadores embutidos: a 20 possui um módulo mono classe AB de 80 W RMS, enquanto a 21 acrescenta outros dois estéreo, cada um com 55 W RMS — assim, basta o entusiasta incluir um kit duas vias para ter um som completo, com instalação rápida e limpa. Também de alumínio, as duas caixas terão dois anos de garantia e controle de ganho externo.

TECSOM06

Empresas nacionais como Boog e Hinor dispõe de produtos compactos, com direito a linhas exclusivas para picapes. A versão Digital Box (com acabamento cinza e 300 W RMS) é universal, mas não tão compacta como as demais: tem largura de 46 cm, altura de 37 cm e 32 cm de profundidade (por R$ 1 mil). Já a outra, Smart Box, é própria para Pajero TR4 e tem fixação por velcro.
Por fim, a Hinor destaca sua série Active Box, com opções para picapes e essa abaixo, que ocupa uma pequena área do porta-malas. Vale destacar que todos os modelos não querem adaptações para a instalação, mantendo, assim, a garantia de fábrica de seu carro!
TECSOM04


Tendência dos gringos

Já há algum tempo, americanos e europeus apresentam caixas do tipo “slim” para automóveis. Enquanto a Kicker (à direita) apresentou o modelo Hideaway, com sub de 8” e 150 W RMS, a Boss “chutou o balde” com sua BASS1400: equipada com falante de 10”, despeja 700 W RMS de potência!

TECSOM05

Texto: Giuliano Gonçalves