Audi A3 Sedan 1.4 Flex de 150 cv encara o dinamômetro FULLPOWER [vídeo]

Data:

Compartilhe:

A Audi já fabricou carros no Brasil, entre 1999 e 2006. Era justamente o A3, mas na sua versão hatch, que era montada no Paraná e compartilhava peças e tecnologias com o irmão Volkswagen Golf. Em seguida, na nova geração, o A3 passou a ser importado e manteve o status no Brasil. Preparado, chegava até 380 cv do motor 2.0. Duvida? Clique aqui e veja.

Agora, a história se repete. Em 2015, a fábrica de São José dos Pinhais (PR) volta a fazer o Audi A3, só que na versão sedã, e o Golf ainda em 2016 voltará a ser montado por lá. A mudança não foi só de endereço. O A3 Sedan brasileiro tem novos motores e câmbio, e a FULLPOWER vai colocar tudo à prova. Vamos começar pela versão de entrada, que ainda é 1.4, mas ganhou potência e virou flex.

O quatro-cilindros em linha 1.4 flex, todo de alumínio, é irmão do motor do Golf. O desenvolvimento dele para poder usar etanol foi feito pelas engenharias do Brasil e Alemanha. As mudanças foram feitas em todos os componentes que tem contato com o etanol, que é mais corrosivo que a gasolina. Bomba de combustível, galerias e bicos injetores são novos. Toda programação eletrônica de injeção direta foi refeita.

O resultado é um salto de 28 cv em relação ao 1.4 anterior. São, segundo a Audi, 150 cv entre 4.500 e 5.500 rpm e torque de 25,5 kgfm a partir de 1.500 rpm. Há dois detalhes interessantes: o primeiro é que a injeção direta dispensa o uso de tanquinho de partida a frio ou pré-aquecimento do etanol. Como o combustível entra em alta pressão, ele está pronto para uma boa combustão mesmo no ciclo frio.

O segundo detalhe é que a Audi conseguiu calibrar o 1.4 do A3 para render a mesma potência e torque independente se o tanque tem etanol, gasolina ou qualquer mistura entre os dois. Veja no vídeo abaixo como o novo motor se saiu no nosso dinamômetro.

Como falamos no começo, o câmbio também é novo. Sai o automatizado de dupla embreagem S-Tronic e entra o automático Tiptronic. Portanto, é uma novidade já velha, pois esse câmbio de seis marchas já está no mercado em outros modelos da Volkswagen — dona da marca Audi — como Tiguan e Jetta.

Em breve, vamos botar nossas mãos também na versão mais forte do A3 Sedan, que abandonou o 1.8 de 185 cv e virou 2.0 de 220 cv. A FULLPOWER já levou o A3 hatch como motor 1.8 para o LAP em Interlagos e o carrinho foi bem. Confira aqui.

CONCORRENTES

Se o assunto é Audi, é bom falar mais dos rivais da BMW e Mercedes-Benz. Nós já colocamos no dinamômetro do Galpão FULLPOWER o BMW 135i Coupé com vários upgrades e o Mercedes-Benz A200. Qual dessas marcas é a sua favorita? Responda nos comentários.

Veja as puxadas do Audi A3 Sedan 1.4 Flex também no UOL MAIS

Redação
Redaçãohttps://www.revistafullpower.com.br
O guia que te ajuda a escolher seu próximo carro, acessórios, produtos e serviços automotivos.

━ Relembre ━

Inscreva-se em
nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

As 5 marcas de bateria com melhor reputação, segundo o Reclame Aqui

Você já parou para pensar na importância da bateria...

Jeep relança Wrangler com pintura cor-de-rosa nos EUA

Após receber uma onda de pedidos, a Jeep decidiu...

BMW X5 será o primeiro carro híbrido plug-in produzido no Brasil

O Brasil está prestes a receber seu primeiro veículo...

Nova picape Chevrolet S10 tem pré-venda iniciada por R$ 281.190

Com apresentação ao público marcada para a próxima semana...