A BMW se prepara com entusiasmo para o mês de outubro quando apresentará o novo M2. Tudo indica que será um dos últimos veículos da fabricante alemã a carregar um conjunto mecânico “raiz” com bastante potência, tração traseira e a possibilidade de optar entre um câmbio manual ou automático. 

Nas suas mídias sociais, a montadora já demonstrou diversas fotos dos protótipos que estão em testes, e na última semana, mais imagens surgiram da nova geração do M2. Como já havíamos comentado alguns meses atrás, O novo M2 será produzido na fábrica de San Luis Potosi, no México, junto com o Série 2 e o Série 3 para o mercado norte-americano.

Divulgação/BMW

Muitas coisas ainda são mantidas em sigilo, mas conforme algumas apurações da FULLPOWER, especula-se que a segunda geração do cupê, utilize o motor 3.0 turbo com mais de 450 cv, além de ter muitas coisas parecidas com o M4 e o sedã M3 debaixo do chassi. A BMW já confirmou que irá disponibilizar a opção de um câmbio manual de seis marchas e o automático de 8 velocidades.

O executivo da BMW, Van Meel comentou em entrevista para o jornal alemão Bimmer Today, que: “O BMW M2 com tração traseira e seis cilindros em linha será definitivamente uma máquina purista de condução. Veremos um aumento da eletrificação em outros carros, naturalmente de diferentes formas, começando com o sistema elétrico de 48 volts [híbrido-leve] e híbridos plug-in para condução totalmente elétrica. Visto desta forma, o M2 será o último M com um motor a combustão pura e também sem eletrificação, tal como um sistema de 48 volts a bordo, sim”. 

Divulgação/BMW

As rodas serão de 19 polegadas na dianteira e 20” na traseira, calçadas com pneus Michelin Pilot Sport 4S. A distância de entre-eixos do novo M2 deve ser mais longa que o modelo da primeira geração com cerca de duas polegadas mais larga que o M240i de 2022. Devido a uma rigidez estrutural maior, o peso em ordem de marcha deve mudar em comparação com o último M2.

O interior, deve vir com muitos detalhes parecidos ao série 2 e série 3, incrementando o painel de duas telas digitais, que no sedã familiar o quadro de instrumentos é de 12,3” e a central multimídia de 14,9”. Entre outros complementos, o novo M2 deve ter bancos esportivos e muitos detalhes de acabamento de acordo com a grife M. Ainda há muitas coisas a serem descobertas sobre o cupê, mas só o tempo e os teasers da BMW irão nos mostrar. 

Divulgação/BMW