Civic larga suspensão fixa e ganha projeto a ar

Data:

Compartilhe:

Texto e fotos: Lucas Ken Ohori

Com cada vez mais adeptos, a suspensão a ar está se tornando a “queridinha” de quem curte andar com o carro baixo. Nos encontros de modificados, achar projetos mais elaborados, com porta-malas personalizados, hard lines (linhas de passagem de ar rígidas, feitas geralmente com tubos de cobre), reservatórios cromados, compressores e outros componentes gringos está se tornando “comum”.

civicfrente
Inspirado nessa onda e também no visual de alguns carros gringos que circulam pela net, Adriano Hernani “Dida”, resolveu radicalizar seu Civicão e socá-lo no chão com o tal sistema regulável. Ele, aliás, é um dos muitos marmanjos que migraram da suspensão fixa para a ar e não se arrependeu nem um pouco.

IMG_4204

“Sempre priorizei a aparência impecável do meu carro. No entanto, quando andava na fixa, a lataria sempre sofria algumas avarias por conta de buracos, valetas ou raspadas em lombadas. Agora, ao toque de um simples botão, consigo levantar ou baixar o carro para transpor esses obstáculos numa boa. A praticidade que ela proporciona é realmente inquestionável, o conforto é bom e, quando bem instalada, não dá dor de cabeça ou problema algum”, relata Dida.

IMG_4191
Diariamente, a caranga roda um pouco menos “socada” do que como aparece nas fotos. No entanto, o proprietário garante que em estradas ou ruas lisinhas, dá para rodar “no limite” da altura tranquilamente, mesmo com as redondas Volcano Luxor aro 20” x 7.5”, réplicas do modelo original dos Land Rover Discovery.

IMG_4295
Instalada na Kamerad Suspensões, localizada em São Caetano do Sul, a suspa têm central e oito válvulas da marca DVR, mangueiras de oito milímetros, bolsas cônicas e compressor gringo Viair 444C Black. “Como não sou muito fã dos hard lines, preferi personalizar o porta-malas com uma sonzeira”, conta Adriano. Elaborado pela Db Sound Car, loja de Rafael Ladeia — dono da Palio Weekend publicada nesta mesma seção em nossa edição 148 —, conta com kit duas vias e triaxiais Alpine na dianteira e traseira, respectivamente, porta-malas personalizado com assoalho de madeira, módulos DAT e caixa dutada com sub Bravox Endurance de 12”. “O resultado ficou exatamente como imaginei. Uso o carro diariamente e a cada volta, o prazer em dirigí-lo aumenta”, finaliza o feliz proprietário.

IMG_4225

 

 

Redação
Redaçãohttps://www.revistafullpower.com.br
O guia que te ajuda a escolher seu próximo carro, acessórios, produtos e serviços automotivos.

━ Relembre ━

Inscreva-se em
nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

Ford celebra 60 anos do Mustang com edição limitada em 1965 unidades

Hoje, dia 17 de abril, é o aniversário de...

Jeep Commander ganha opções com motor 2.0 Turbo e fica até R$ 40 mil mais barato

Se algum dia faltou força ao Jeep Commander, isso...

Jeep Compass com motor Hurricane de 272 cv dá um show em performance

Segure o chapéu, pois vem aí um vendaval! Um...

As 5 marcas de bateria com melhor reputação, segundo o Reclame Aqui

Você já parou para pensar na importância da bateria...