Prestes a desembarcar no Brasil, a nova geração da Suzuki Hayabusa já tem data marcada para aparecer por aqui. Diante de muita suspense, a motocicleta foi uma dúvida para o mercado nacional, até que a J.Toledo, representante da fabricante japonesa, anunciou que o lançamento da superesportiva será em breve. 

Apresentada desde fevereiro do ano passado para mercados globais, a nova Hayabusa deve surgir nas concessionárias brasileiras somente na segunda quinzena de agosto. A Suzuki aproveitou o momento e já divulgou alguns detalhes da moto. O modelo vai ter as opções de cores preta, branca e prata, com faróis de LED e o painel digital em uma tela TFT colorida. O preço parte dos R$ 124.500.

Divulgação/Suzuki

Entre as novidades, a motocicleta esportiva ganhou melhorias na estabilidade e no conforto, que promete “um dos melhores coeficientes de resistência alcançados por qualquer motocicleta”. O Design volumoso se mantém o tradicional, mas com aperfeiçoamento em linhas mais retas e angulosas. O conjunto ficou mais leve, pesando agora o total de 263,9 kg. 

Para os fãs que imaginavam a superesportiva mais potente, podemos adiantar que isso não aconteceu. A Suzuki precisou realizar algumas mudanças seguindo as atuais normas anti-poluição, com isso o motor de quatro cilindros em linha com 1.340 cm³ de capacidade está rendendo 190 cv e 15,3 kgfm, uma diferença de sete cv a menos em relação a geração anterior.

De acordo com a montadora, a nova Hayabusa mesmo com uma perda de performance em sua motorização, está mais rápida. A motocicleta acelera de  0 a 100 km/h em 3,2 segundos, dois centésimos mais veloz que a antecessora. Já a velocidade máxima é de 299 km/h, limitados eletronicamente. 

Para melhorar a experiência do condutor, a Suzuki disponibiliza 6 modos diferentes de pilotagem com 3 predefinidos e 3 personalizáveis. O controle de tração ainda tem a possibilidade de ser regulado em 10 níveis ou totalmente desligado. O lançamento oficial da moto superesportiva deve ser anunciado em breve.

 

Divulgação/Suzuki