Craque do futebol e também apaixonado por carros, o português Cristiano Ronaldo comprou mais um modelo de peso para sua garagem, nada menos que o exemplar único do Bugatti La Voiture Noire. O hipercarro foi apresentado no Salão de Genebra (Suíça), em março, impressionando muito com o estilo e também com o preço de 11 milhões de euros, o equivalente a R$ 48,7 milhões. Vale lembrar que no lançamento o fabricante tinha dito que o carro já havia sido vendido para um então comprador anônimo. 

Eleito cinco vezes o melhor jogador do mundo, CR7 só precisará ter um pouco de paciência para acelerar o modelo mais caro de todos os tempos, já que a entrega do La Voiture Noire – homenagem ao Type 57 SC Atlantic, cupê lançado em 1936 por Jean Bugatti, filho do fundador Ettore Bugatti – ocorrerá apenas em 2021.

A motorização do novo hiperesportivo é a mesma do irmão Divo: motor 8.0 W16 quadriturbo de 1.500 cv e 162,2 kgfm. Toda essa brutalidade é expressada também no visual do modelo, que conta com seis ponteiras de escapamento em sua traseira futurista. A dianteira segue o estilo atual de outros Bugatti, com uma enorme grade e muitas entradas de ar.

Com carroceria de fibra de carbono feita a mão e linhas volumosas alusivas as de seu antepassado, o La Voiture Noire recebeu pintura preta e frisos cromados tal como no cupê inspirador. Até a “barbatana” que se prolonga do capô até a traseira foi aplicada na novidade. As enormes rodas têm design exclusivo.