A Michelin é uma fabricante de pneus mais do que reconhecida, mundialmente. E a marca tem, também, um guia de gastronomia fenomenal e também sucesso mundial: o GUIA MICHELIN, com os restaurantes mais animais do mundo. No Brasil, claro, temos também nosso guia e com essa pandemia, a marca apoia alguns restaurantes que trabalham com delivery.

Quem tem medo de delivery? Até ano passado, era comum ouvir defesas apaixonadas da
“experiência completa”: visitar um restaurante garantiria o controle do que chega à mesa e
uma real experiência gastronômica. Alguns chefs evitavam oferecer suas criações para entrega
em domicílio, receosos de ofertarem menos qualidade ao consumidor.
A pandemia zerou o jogo e, por necessidade, boa parte dos restaurantes tiveram de
repensar o cardápio para sobreviver. E, de forma criativa, descobriram um jeito novo de
entregar excelência, sabor e frescor, na casa do cliente.

Gustavo Rozzino, chef do  TonTon , Bib Gourmand de São Paulo, ainda lembra do jantar
daquela sexta-feira, 20 de março de 2020, o último antes de determinar o fechamento da casa.
Viu que não tinha mais jeito, e passou o fim de semana pensando no que poderia fazer. “Na
segunda-feira, meu sócio e amigo falou em fazer delivery, e na quarta, já estávamos operando
assim”, conta ele. A clientela já pedia delivery antes, mas ele evitava misturar as coisas – quando adotou a
modalidade, anos atrás, percebia que o serviço acabava comprometendo o serviço de salão,
em dias de muito movimento. Faltava pensar melhor no que servir, e como. A solução: fixar
dois cozinheiros com quem trabalha há mais de 20 anos nesse tipo de preparo. “Nas quatro
primeiras semanas, éramos eu, dois funcionários, meu sócio e o maître, atendendo as
encomendas, toda a velha guarda ali ajudando”, explica Rozzino, que já tinha experiência com
cozinha de rotisserie.

A equipe definiu pratos que viajam bem e são sucesso como os menus executivos de picadinho
com purê, o boeuf bourguignon, o bobó de camarão. “Como agora já nos acostumamos ao
delivery, penso em mantê-lo depois desse período, enquanto não atrapalhar o salão. Percebi
que não é um bicho de sete cabeças”, afirma o chef.

Luca de Francesco assumiu o Mimo, Bib Gourmand de São Paulo, em agosto de 2020. A
estrutura do restaurante era bastante diferente, e o momento era de redefinir estratégias,
sem perder a clientela que já estava acostumada à comida da casa. Com 100% do foco em
delivery, a questão era resolver cocção, embalagem e apresentação. Luca decidiu criar uma
linha de pratos para serem finalizados em casa, além de oferecer opções de preço mais
amigável, no menu Mimo Express, focado em comida contemporânea. “O essencial é o preparo dos pratos: as carnes seguem feitas a vácuo em termocirculador, com temperatura controlada. O tartare, por exemplo, agora é cozido a 40°C, em sous-vide, para ser transportado. A posta de salmão é mantida protegida com uma camada de gergelim, o que
‘viaja’ melhor”, explica.

Outra decisão da casa foi contratar entregadores treinados para a tarefa, realizada a uma
distância de até 13 quilômetros. Luca de Francesco chegou a testar o transporte do risoto para
garantir a qualidade da entrega: embalado com mais caldo, retirado do fogo al dente, o prato
termina de cozinhar dentro da caixa onde é embalado e chega no ponto à mesa de quem
encomendou.

Não à toa, um dos pratos mais pedidos do Mimo hoje é o risoto de cogumelos com filé
mignon. “Houve muitos altos e baixos, o que é normal. A gente precisa ter paciência para
entender essa estrutura modificada, e insistir no que acha que vai dar certo, porque acaba
dando resultado.”

 

DELIVERY EFICIENTE E SEGURO… É POSSÍVEL!

Em tempos em que os deliveries têm sido requisitados como nunca, a segurança no caminho
do pedido, do restaurante às casas, tem papel fundamental no dia a dia de quem pilota a moto
ou a bike de entrega. Com foco nesses profissionais, a Michelin trouxe, recentemente,
novidades para o mercado.

Segundo Adriana Shoshan, diretora de Marketing B2C da Michelin, “se pensarmos que os
pneus são o único ponto de contato da moto ou da bike com o solo, os nossos lançamentos
vêm para atender às necessidades dos profissionais que utilizam estes veículos como meio de
trabalho, oferecendo a eles segurança em todos os tipos de piso; economia, devido à sua alta
durabilidade; além de prazer ao pilotar”.

Quer conhecer mais sobre os pneus MICHELIN? Confira!
Pneus para moto: https://www.michelin.com.br/motorbike/pagina-inicial-motos
Pneus para bike: https://www.michelin.com.br/bicycle/pagina-inicial-bicicleta
Pneus para carro: https://www.michelin.com.br/auto/pagina-inicial-carro