Se você estava se perguntando aí qual seria o muscle car de raiz, ou seja, aspiradão, mais potente que existe hoje, a resposta acabou de chegar. E veio da Dodge. Os caras pararam de invocar o “Demon” na linha 2019 do Challenger, mas nem por isso deixariam de oferecer versões nervosas do carro (a exemplo do que já foi a Redeye). A última da vez é o Challenger R/T Scat Pack 1320.

O 1320 do nome da versão já dá a dica do propósito pelo qual ela foi criada. 1320 pés (ou feet, como eles medem distâncias nos EUA) equivalem ao quarto de milha, a tradicional prova de arrancadas. Pra ser o rei das drag races, o Challenger R/T Scat Pack 1320 é equipado com um Hemi V-Oitão monstruoso de 6,4 litros que produz 491 cv e incríveis 65,5 kgfm de torque. O motorzão é orquestrado por um câmbio automático de oito marchas que conta com a mesma tecnologia Transbrake do Demon para realizar o controle de largada travando a transmissão, em vez dos freios.

Além do coração nervoso, a versão também traz um diferencial assimétrico de deslizamento limitado, suspensão adaptativa e um set de rodas de 20” de alumínio forjado calçadas com pneus Nexen SUR4G Drag Spec (radiais, legais, porém feitos para arrancadas).

Graças a esse conjunto todo, o Challenger R/T Scat Pack 1320 é capaz de atingir as 60 milhas por hora (96 km/h) em 3,8 segundos e cumprir o quarto de milha em 11,7 segundos a 185 km/h. A Dodge diz que ele é o muscle car aspirado legalizado para as ruas mais rápido da atualidade. O brinquedinho custa 44.585 mil dólares (ou mais de R$ 170 mil).