A Dodge aproveitou o Sema Show 2018 para revelar o novo 426 Hemi, histórico motor 7.0 V8 que volta a ser fabricado para instalação em modelos produzidos antes de 1976. O Hellephant, o maior propulsor já feito pela marca, entregará cerca de 1.000 cv.

Sua apresentação no Sema foi feita em um Charger 1968 restaurado, batizado de Super Charger Concept. Para preparar este modelo, a Dodge usou peças do Challenger Hellcat e do Viper. No pacote, estão o câmbio manual de seis marchas, freios da Brembo com pinças de seis pistões, além de rodas de 20 polegadas na frente e 21 atrás.

No visual, o Charger Concept trocou os faróis escamoteáveis por um conjunto óptico do Challenger Hellcat, enquanto que os retrovisores foram emprestados do Plymouth Duster 1971. Na traseira, foi adotado um spoiler baseado no R/T atual. O balanço dianteiro do conceito foi encurtado e o entre-eixos alongado em cerca de cinco centímetros, graças às caixas de rodas alargadas com fibra de carbono.

Com bloco de alumínio e um supercharger aperfeiçoado para enviar uma maior quantidade de ar para o motor, o novo 426 Hemi será vendido como kit nos EUA, com toda eletrônica e componentes para permitir o uso de todo seu potencial. #BEMLOKO