Campeão da Fórmula 1 em 2016 após superar ninguém menos que Lewis Hamilton e aposentado das pistas desde então, o alemão Nico Rosberg revelou nesta semana, em seu canal no Youtube, o mais novo hipercarro de sua garagem: o Rimac C_Two, modelo elétrico de impressionantes 1.940 cv e que custa cerca de R$ 12 milhões.

Desenvolvido na Croácia, o Rimac C_Two conta com quatro motores elétricos, um em cada roda, que entregam assombrosos 234,5 kgfm de torque máximo. De acordo com o fabricante, o carro vai de zero a 100 km/h em apenas 1,85 segundo e atinge velocidade máxima de 412 km/h.

O novo hiperesportivo de Rosberg é feito totalmente de fibra de carbono, pesa 1.950 kg e tem quatro transmissões: duas caixas na dianteira com uma marcha e duas na traseira com duas marchas. As embreagens são de carbono para dar conta do torque avassalador.

As baterias dos propulsores elétricos do C_Two são de 120 kWh e estão integradas ao chassi. Os freios são de carbono-cerâmica com discos de 390 mm, com seis pistões. Além da unidade do ex-campeão de F1, apenas outros 149 exemplares do Rimac serão produzidos.