A Fiat vai levar uma nova versão do 124 Abarth para o Salão de Genebra, que acontece este mês na Suíça. Batizada de GT, ela vai mexer só no visual do carro, mas pra deixar ele com uma cara ainda mais instigante, já que a versão focada em performance pede por isso.

Entre as exclusividades do 124 Abarth GT está a pintura cinza Alpi Orientali e um jogo de rodas de 17” da OZ, que são 3 kg mais leves que as do Abarth regular. O capô do carro também é preto, o que faz uma referência ao modelo de rali do 124.

O principal atrativo do 124 Abarth GT, na verdade, é o teto retrátil, feito de fibra de carbono. Ele pesa 16 kg e é um opcional dessa versão que é uma exclusividade do modelo no mercado. A fibra de carbono também pode ser o material de escolha do aerofólio traseiro opcional.

Sob o capô, nada muda. O conversível continua ostentando o motor 1.4 turbo de 172 cv e 25,4 kgfm de torque, capaz de fazer ele atingir os 100 km/h em 6,8 segundos. Ele pode trabalhar com um câmbio manual de seis marchas ou automático, também de seis marchas.