A Ford planeja lançar ainda em 2020 o seu primeiro dragster elétrico. Batizado de Mustang Cobra Jet 1400, o carro de arrancada desenvolvido pela divisão de preparação da marca, a Ford Performance, é um monstro de mais de 1.400 cv capaz de atingir velocidade máxima de 274 km/h.

De acordo com a montadora, o propulsor do Cobra Jet 1400 entrega mais de 152 kgfm de torque instantâneo e consegue percorrer ¼ de milha (402 metros das tradicionais provas americanas) em apenas oito segundos. “A propulsão elétrica nos dá um tipo completamente novo de performance e o Cobra Jet 1400 é um exemplo de como levar a nova tecnologia até o limite absoluto”, afirma o diretor global da Ford Icons, Dave Pericak.

Para Mark Rushbrook, diretor global da Ford Performance, a marca viu no projeto do Cobra Jet 1400 uma oportunidade de começar a desenvolver motores elétricos para carros de corrida. “Temos muita experiência no esporte a motor, então tínhamos referências de desempenho que queríamos igualar e superar. Foi um projeto fantástico de se trabalhar e esperamos que seja o primeiro de muitos que virão na Ford Performance Motorsports.”

A Ford ainda faz mistério sobre outros detalhes técnicos do Mustang Cobra Jet 1400. Sabe-se apenas que a divisão esportiva da marca contou com o auxílio de vários parceiros, como a MLe Racecars (integração e calibração de veículos), Watson Engineering (suporte e desenvolvimento de chassi e gaiolas de proteção), AEM EV (software, controles e calibração de motor) e Cascadia (fornecedora de inversores e motores).