FULLPOWER visitou pela primeira vez um evento focado em corridas, de todos os tipos: na terra, no asfalto, em pista mista, oval, duas rodas, três, quatro ou mais! Conhecido como Performance and Racing Industry Show, o evento nasceu em Indiana, Estados Unidos, e teve algumas edições em Orlando, Flórida. São centenas de expositores, praticamente todos americanos, apresentando tudo ligado a competição: desde o fabricante de adesivos para os carros, até as peças de performance e ferramentas que exigem a mais alta tecnologia e materiais de ponta para serem produzidas.

 

Diferente de um SEMA Show, o evento é totalmente focado em performance: o que vale aqui é o detalhe que faz o piloto chegar primeiro na bandeira quadriculada, independente da categoria em que ele/ela participa. Não há muita preocupação em chamar atenção com projetos diferenciados, exóticos. Outra diferença bem interessante: a maioria é de fabricantes locais, com alguns poucos de fora, como Austrália, Europa e Brasil, por exemplo. Praticamente não há asiáticos.

Do Brasil, por exemplo, destaque para a Fueltech, que está dominando a cena dos States, com produtos como FT600, FT500 e FT550, além da nova FT450. Vários carros que andam na ponta em diversas categorias e organizações das arrancadas americanas abraçaram as injeções programáveis desenvolvidas no Brasil sob o comando de Anderson Dick e de um time competente do Sul do país. Segundo Dick, atualmente a Fueltech entrega praticamente tudo que uma equipe precisa da parte de ignição e injeção: ECU, bobinas, chicote, multiplicador de faísca, sensores… E é preciso considerar que com um módulo apenas a equipe tem recursos como controle de tração, de pressão do turbo (boost-controller), troca de marchas, entre outros detalhes e alarmes que ajudam na integridade do motor, por exemplo, além de colaborar na tocada de quem dirige o bólido. Outra empresa brasileira que marcou presença na feira: Pro Tune, também focada em eletrônica.

Há seis anos a associação SEMA (Specialty Equipment Market Association) comprou o PRI Show, onde centenas de empresas investem forte anualmente. O evento aconteceu por muito tempo em Indiana, no final do ano (após a temporada de todas as categorias encerrar) e por um tempo foi para Orlando, Florida. A temperatura na Costa Leste é mais amigável na cidade dos parques temáticos, mas o público vai mesmo é na friaca de Indianápolis, onde chegamos a pegar -8 Graus Celsius. Segundo um dos diretores da feira, “o público gosta de Orlando, mas visita mesmo é o evento em Indiana. Tivemos mais visitantes em 2018, mesmo com frio intenso, do que os eventos realizados recentemente perto da praia”, conta. Outra novidade que trouxe amenidades aos visitantes e expositores: a área de trailers e motor-homes ficou indoor, nas dependências do Lucas Oil Stadium, integrado ao Indiana Convention Center. Ou seja, ninguém passou frio para conhecer as possibilidades no transporte de veículos de competição, oficinas móveis e até residências temporárias.

A aquisição da feira, feita pela associação SEMA (Specialty Equipment Market Association), deve manter o formato inicial da PRI, bem focada nesse nicho, pelo menos por enquanto. Peter McGillivray, Vice-Presidente de Marketing e Eventos da SEMA, não pretende transformar a PRI em um novo SEMA Show, tampouco está preocupado em levar as empresas da PRI para serem membros da associação que nasceu em 1967. “O evento PRI Show continua no formato deles, pequeno, focado e pretendemos usar algumas experiências que funcionam no SEMA Show. Um dos exemplos é o Global Media Awards que a FULLPOWER participa há 15 anos no evento de las Vegas e agora implementamos aqui em Indiana. Além disso, colocar os trailers e motor-homes para dentro do evento trouxe mais tráfego de visitantes para esses expositores. Esse é o objetivo: engrandecer o evento, sem mudar sua essência, completa Peter.

No novo Global Media Awards, apenas sete jornalistas do mundo todo foram convidados a participar, incluindo a FULLPOWER. Ásia, Austrália, Canadá, Peru, Reino Unido e Brazil na fita. A missão era escolher 10 produtos que poderiam ter boa aceitação nos respectivos mercados. Abaixo seguem os produtos escolhidos pela nossa equipe: entre eles linhas de freio e combustível prontas para cada veículo, analisador de combustível, volante para antigos, um conjunto que examina o lubrificante do motor em busca de partículas metálicas, pinças de freio, conjuntos de pistão e biela forjados, pedaleiras fabricadas na Austrália e até ferramentas que permitem riscar um pneu de competição.

A PRI 2018 teve uma nova área indoor, para trailers, carretas e Motorhome, muito popular e útil nas viagens para participar de eventos nos Estados Unidos. Pela primeira vez a exposição de carretas e trailers foi indoor e um sucesso total.

O PRI Show de 2019 acontece de 10 a 12 de Dezembro, em Indiana. Programe-se!

Quer saber mais sobre a PRI?

Visite www.pridirect.com

https://performanceracing.com/ ou https://pri365.mapyourshow.com/7_0/search.cfm