Se você acha qie deve ser brutal passar um Jeep Grand Cherokee Trackhawk num dinamômetro, imagine quanto não viria em um desses preparado pela Hennessey? Aqueles caras que adoram colocar de 1.000 pra mais cv no motor dos carros que preparam não fizeram diferente com esse SUV monstruoso que você vai assistir aí embaixo.

Originalmente, o Grand Cherokee Trackhawk já é um utilitário pra impor respeito em muito esportivo por aí, já que conta com o famoso HEMI V-Oitão 6.2, capaz de gerar 717 cv e 89,1 kgfm de torque. Mas isso soava insuficiente para a preparadora americana, que tratou de instalar o pacote HPE1000 que dá direito a um supercharger de 4.5 litros com 14 psi de pressão (0,9 kg/cm²), um novo sistema de exaustão inoxidável, válvula bypass, novos sistema de admissão e bomba de combustível, além de dar aquela recalibrada na ECU da caranga.

Depois desse trabalho todo, o resultado foi de incríveis 1.026 cv e impressionantes 133,9 kgfm de torque no motor. Segundo a Hennessey, esses números seriam suficientes pra levar as mais de duas toneladas do Trackhawk aos 100 km/h em menos de 3 segundos. E pra provar que o carro carrega consigo tudo isso de força mesmo, o dinamômetro que eles levaram cravou: 834 cv e 99 kgfm nas rodas. Nada mau para um passeio em família, não?