O hiperesportivo elétrico Aspark Owl ainda está em fase de desenvolvimento, mas já inspira muita confiança no fabricante japonês. A marca se diz tão impressionada com a performance do carro que aposta suas fichas em quebrar o recorde de Nürburgring. “O desempenho dele já nos permite almejar isso”, disse um porta-voz da Aspark ao site Top Gear.

Mostrado pela primeira vez no Salão de Frankfurt de 2017, o Aspark Owl terá produção limitada em 50 unidades, prometidas para serem entregues no início de 2020 aos compradores. A versão final de produção deve ser apresentada no fim deste ano, no Salão de Dubai. O preço da máquina: 3,1 milhões de euros!

Feito de fibra de carbono e equipado com quatro motores elétricos que totalizam 1.150 cv (mais do que o dobro do estipulado pelo projeto inicial), o hiperesportivo nipônico será um carro de rua com tração integral capaz de acelerar de zero a 100 km/h em apenas 1,9 segundo. Como comparação, o Bugatti Chiron, equipado com motor W16 de 1.500 cv, atinge essa marca em 2,5 segundos.

A velocidade máxima estimada para o Owl é de 280 km/h, com autonomia de 150 km da bateria. São números que impressionam. Será que ele vai bater o recorde do circuito alemão? Veremos… O atual recordista entre os modelos elétricos é o chinês Nio EP9, com a marca de 6min45s90.