A versão mais vitaminada do Honda Civic enfim ganhou a roupagem reestilizada. E tal como o restante da linha, as mudanças do Civic Type R 2020 foram leves, com retoques na dianteira e na cabine. Junto com o facelift, porém, o modelo esportivo trouxe algumas novidades técnicas para melhorar a dinâmica.

De acordo com o fabricante japonês, o Type R passa a contar com um novo conjunto de buchas traseiras mais rígido e capaz de otimizar a aderência. Além disso, a suspensão dianteira foi modificada para tornar a direção mais direta e novos rotores de freio foram acoplados às pastilhas também revisadas, em prol de uma frenagem ainda mais poderosa.

Motor e câmbio continuam os mesmos: propulsor 2.0 turbo com injeção direta de gasolina, 310 cv e 40,7 kgfm de torque, combinado ao câmbio manual de seis marchas. A tração do Civic Type R é dianteira e, agora, ele dispõe do Active Sound Control, sistema que emula um ronco mais esportivo por meio dos alto-falantes.

Na aparência, o Type R 2020 exibe um para-choque dianteiro redesenhado com entradas de ar maiores, grade frontal levemente modificada e também maior, rodas de liga leve com novo desenho, volante com acabamento de Alcantara, nova manopla para o câmbio manual e botões de comandos remodelados. Entre os equipamentos, destaque para o Honda Sensing, que reúne sistemas de condução semiautônoma, como alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência e piloto automático adaptativo.