A linha 2020 do Honda HR-V chega às concessionárias em junho trazendo como principal novidade o retorno da versão Touring, agora equipada com o motor 1.5 turbo a gasolina de 173 cv e 22,4 kgfm, o mesmo utilizado pela configuração mais cara do Civic. Com esse propulsor, câmbio CVT de sete marchas virtuais e novos itens de comodidade e conforto, o SUV terá preço sugerido de R$ 139.900.

Nas demais variantes, o HR-V continua trazendo sob o capô o motor 1.8 flex de até 140 cv, combinado com a transmissão CVT. Os valores de tabela são de R$ 94.400 para o HR-V LX, R$ 101.700 para o EX e R$ 111.900 para o EXL.

Para dar conta do coração turbinado, o HR-V Touring recebeu um ajuste exclusivo para suspensão e direção. Tal como no Civic Touring, o escapamento passa a ser de dupla saída. Na lista de equipamentos há faróis full led, teto-solar panorâmico, interior bicolor, partida por botão, câmera no espelho retrovisor direito que é acionada ao ligar a seta para mudar de faixa (Lane Watch), chave presencial e grade frontal com acabamento black piano.

Em todas as versões do HR-V 2020 há controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, ar-condicionado, freio de estacionamento elétrico, controle de velocidade de cruzeiro e faróis de neblina (de led só no Touring). As rodas de liga leve são de 17 polegadas e têm o mesmo desenho em todas as configurações.

Para a configuração EXL, a novidade são os sensores de estacionamento de série, além da grade frontal com acabamento black piano. O EX passa a trazer a central multimídia de sete polegadas. Já o LX manteve a oferta de câmera de ré e multimídia de 5”.