Existe um abismo de 113 cv entre as duas versões esportivas do Civic, a Si e a Type R. E foi de olho nesse gap que a Hondata, preparadora especializada em eletrônica original da Honda, começou a oferecer um pacote de calibração de ECU exclusivo para o Si, caso os U$ 33 mil da versão Type R estejam além do que o consumidor pode bancar lá nos Estados Unidos.

BX-Sparco_610x200

A calibração extrai 6 psi do motor 1.5 turbo, o que resulta num acréscimo de 28 cv aos 207 cv originais de potência, totalizando 235 cv pulsando sob o capô do Civic Si. O torque também sobe: de 26,4 kgfm para 34,8 kgfm, disponíveis em 70% do giro do motor.

Honda Civic Si 2 (1)

A empresa ainda possui um pacote FlashPro que arranca 37,6 kgfm de torque do motor, mas avisa que a partir deste patamar de força a embreagem começa a patinar, portanto há a recomendação para substituí-la por uma reforçada.

BX Cral_610x200

 

MAIS TYPE R VÊM POR AÍ

E já que citamos o Type R lá em cima, é bom lembrar que Hideki Matsumoto, chefe de engenharia do Civic, disse à Automotive News que a companhia “espera manter um volume de vendas mais estável ao trazer gradualmente mais versões [do Type R] ao mercado”. Ou seja, aquele gap com Si pode ficar menor, com uma versão levemente mais civil do Type R, ou até mais distante, já que o engenheiro não descartou uma variação ainda mais potente do modelo ou equipada com tração integral, a fim de fortalecer o Civic contra VW Golf R e Subaru WRX STI.

Honda Civic Type R (1)

Texto Hector Vieira

Fotos: Divulgação Honda/Hondata