A Suzuki apresentou no Salão do Automóvel de São Paulo a nova geração do Jimny e confirmou o início das vendas do modelo para o segundo semestre de 2019. Os preços, segundo o fabricante, devem ser 20% superiores aos da linha atual, que varia de R$ 70.990 a R$ 85.990. Sendo assim, podemos estimar algo na faixa de R$ 90 mil.

Batizada de Jimny Sierra, a quarta geração do jipinho será importada do Japão e, se atingir um volume considerável de emplacamentos, deverá ser produzida no país, na fábrica de Catalão (GO), onde a atual linha continuará sendo feita.

O novo Jimny será oferecido em três versões, todas equipadas com motor 1.5 a gasolina de 108 cv e tração 4×4. O câmbio poderá ser manual de cinco marchas ou automático de quatro velocidades. Entre as tecnologias, o pequeno trará controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, controlador de velocidade, volante multifuncional, central multimídia com tela sensível ao toque e ar-condicionado digital.

A Suzuki também apresentou no Salão a linha 2019 do Vitara, que ganhou novos elementos como grade, para-choque dianteiro, rodas de liga-leve de 17 polegadas, lanternas de led, teto solar duplo e quadro de instrumentos com display digital. As opções de motores continuam sendo 1.4 turbo de 146 cv e 1.6 de 126 cv.