A Lamborghini apresentou nesta semana o Huracán EVO Rear-Wheel-Drive (RWD) com visual reestilizado e algumas melhorias. Como o próprio nome diz, esta versão do esportivo conta somente com tração traseira. Além disso, recebeu uma calibração específica do software do controle de tração para, de acordo com a marca, oferecer uma pilotagem mais divertida e para evitar braçadas dos motoristas. 

A atuação do controle de tração varia conforme cada um dos três modos de condução do Huracán. No Corsa, o mais permissivo, o sistema age 30% menos em comparação ao antigo Huracán RWD. Ainda conforme o fabricante italiano, há 20% de melhora na tração da saída de curva e 30% no sobresterço para derrapagens mais controladas.

O motor do Huracán é o conhecido 5.2 V10 naturalmente aspirado, que entrega 610 cv e 57,1 kgfm de torque, combinado com o câmbio de dupla embreagem e sete marchas. Com 1.389 kg, o esportivo vai de zero a 100 km/h em 3,3 segundos (0s4 a mais que o Huracán EVO de tração integral) e atinge os 200 km/h em 9s3. A velocidade máxima é de 325 km/h.

Os freios do Huracán EVO RWD contam com discos de 365 x 34 na dianteira e de 356 x 32 mm na traseira, com pinças de alumínio de oito pistões na frente e de quatro atrás. As rodas de liga leve de 19 polegadas são calçadas em pneus Pirelli PZero 245/35 ZR19 na dianteira e 305/35 ZR19 na traseira.