A McLaren oficializou nesta semana as vendas do GT no Brasil. O Grand Tourer britânico tem preço sugerido de R$ 2,4 milhões e pretensão de se tornar o esportivo de uso diário dos ricaços. “É o carro com a melhor relação peso-potência da categoria, combinada com maior capacidade de bagagem e altos níveis de usabilidade no dia-a-dia”, anunciou o fabricante.

O esportivo é equipado com um motor 4.0 V8 biturbo de 628 cv e expressivos 64,2 kgfm de torque. De acordo com a marca, o propulsor entrega mais de 95% da força máxima entre 3.000 e 7.250 rpm. Com câmbio de dupla embreagem e sete marchas, o McLaren GT acelera de zero a 100 km/h em 3,2 segundos, atinge 200 km/h em apenas 9s e sua velocidade máxima é de 326 km/h. 

A McLaren prometeu a maior capacidade de bagagem da categoria, lembra? Pois o carro com estrutura monocoque de fibra de carbono e 1.530 kg conta com um espaço para 420 litros na traseira. Na dianteira do GT, há um outro compartimento de 150 litros.

Entre os itens de série, o McLaren GT oferece bancos aquecidos e com ajustes elétricos, materiais de alta qualidade e sistema de entretenimento da Bowers e Wilkins com subwoofers de fibra de carbono e alto-falantes para médias frequências feitos de Kevlar.