Talvez a principal estrela desta edição do Salão de Genebra, que está acontecendo na Suíça nesta semana, o inédito Mercedes-AMG GT 4-Door finalmente chegou. Depois de diversos teasers, a companhia fez a estreia do modelo no evento com pompa e garbo e, claro, um motorzão V8 biturbo sob o capô.

Diferentemente do seu “irmão” menor, o cupê GT, o GT 4-Door não é feito sobre a mesma plataforma de alumínio do esportivo, muito por conta da sua configuração alongada e tração integral 4MATIC. Em vez da arquitetura levinha, ele compartilha a plataforma do Classe S e foi lançado com três opções de versão: GT 53 4MATIC, GT 63 4MATIC e GT 63 S 4MATIC.

A que mais importa pra gente, obviamente, é a topo de linha GT 63 S. É ela que vem com a calibração mais nervosa do motor 4.0 V8 biturbo de 639 cv e incríveis 91,8 kgfm de torque! Com a ajuda do câmbio automático de nove marchas e da tração integral, a Mercedes diz que o gran cupê de quatro portas é capaz de atingir os 100 km/h em meros 3,2 segundos nesta versão. Enquanto isso, a versão 63 “básica” conta com 585 cv e 81,6 kgfm sob o capô e a 53 traz um conjunto híbrido com motor 3.0 de seis cilindros em linha trabalhando com outro motor elétrico pra gerar um total de 435 cv de potência (com respeitáveis 4,5 segundos de aceleração até os 100 km/h).

As duas versões V8 do GT 4 contam com suspensão pneumática e eixo traseiro esterçante. Além disso, elas também trazem uma função específica pra quem quer queimar borracha com esta barca aí, o Drif Mode, pra fazer só curva de lado com a tração integral mandando quase toda força para as rodas de trás.

E aí? Curtiu o novo gran cupê da Mercedes? Diz nos comentários se você prefere o cupê de duas portas ou novo GT 4!