Texto e fotos: Leonardo Figueira
Depois de rodar por muito tempo com seu Fiat 500 (que saiu na FULLPOWER 150), Luiz Bazilho começou a buscar por um carro maior, já que a família estava crescendo. Com o Fiat desmontado e vendido, começou a caça por uma perua. “Minha ideia é pegar uma perua, mas o carro tinha que ser turbo”, conta Baza, como é chamado pelos amigos. Na busca por uma nova caranga, o vendedor de uma loja ofereceu um Mini Clubman. “Uma perua, marrom, turbo e ninguém tem. Me apaixonei na hora”, lembra. O modelo 2008 veio para o Brasil como importação independente e tem o velocímetro em milhas por hora.mini-clubman-fullpower-4

Com o carro novo em casa e diversas peças do seu antigo Fiat 500 na garagem, a brincadeira com o Mini começou. Todo sistema de suspensão a ar, som e rodas foram herdadas do 500. Depois do hatch aparecer na FULLPOWER, Baza tinha trocado as réplicas das rodas BBS RS pelas Borbet A aro 17″x 8,5″. A furação é 4×100, então não foi necessário o uso de adaptadores. Já a suspensão não foi tão simples. As únicas peças reaproveitadas foram o cilindro, o compressor Viair e as conexões. Os amortecedores foram retrabalhados pela galera da Garagem do Pardal, em São Bernardo do Campo, São Paulo.

mini-clubman-fullpower-2

Estilo sem perder conforto. Em ruas com o asfalto bom, o Mini anda socado. Se aparecer algum obstaculo basta levantar o carro com o botão

BX-Sparco_610x200

O porta-malas e a instalação do som ficaram a cargo da Bless Sound, na zona sul de São Paulo. O sistema é relativamente simples, um subwoofer de oito polegadas e um único amplificador que “faz milagre”, segundo Baza. Basta entrar no Mini para perceber como o resultado ficou animal. Mas se você abrir o porta-malas não irá ver nada, já que foi tudo escondido e não comprometeu o espaço.

mini-clubman-fullpower

BX ClickEscape_610x200

Originalmente o Clubman tinha todos os detalhes pintados de cinza, que não agradavam Luiz. A solução foi pintar tudo de preto brilhante, e também fazer os faróis mascara negra. Agora com o Mini “pronto” o foco vai voltar no motor, que já recebeu downpipe, Sprint Booster e, futuramente, vai receber diversos upgrades. O Mini Clubman marrom foi carinhosamente apelidado pelos amigos de Baza de funerária de anão. Realmente a caranga chama atenção por onde passa.

mini-clubman-fullpower-3

BX MotorCrazy_610x200 mini-clubman-fullpower-5 mini-clubman-fullpower-6 mini-clubman-fullpower-7

Placa - 325x125cm