Mais leve e potente, a nova BMW S1000 RR começa a ser vendida no Brasil. A terceira geração da superesportiva tem preço sugerido de R$ 91.950 e, tal como a linha anterior, é produzida na fábrica da BMW em Manaus (AM), que recebeu um investimento de R$ 4,7 mi em atualizações.

Um dos destaques do lançamento é o novo motor de quatro cilindros e 999 cc. Com 207 cv (8 cv a mais que o antecessor) e 11,5 kgfm de torque, ele promete melhores respostas em baixas e médias rotações. O câmbio de seis marchas conta com o sistema quick-shifter para trocas sem o uso da embreagem durante a pilotagem em circuitos. 

Na balança, a S1000 RR está 11 kg mais magra, chegando a 197 kg. A redução de peso foi possível, entre outras alterações, graças aos novos quadro e suspensão, que tiveram amortecedores e braços de controle reprojetados. O painel de instrumentos também é novo, com tela TFT de 6,5 polegadas configurável, com funções para a estrada e para as pistas, conforme o modo de pilotagem selecionado. 

Falando nisso, a nova geração da superesportiva tem um seletor com cinco modos de condução: Rain, Road, Dynamic, Race e Pro. Este último possibilita o ajuste em três níveis personalizados, alterando desde a resposta do acelerador até a ação do controle de tração e do freio motor. A S1000 RR conta ainda com controle de largada e limitador de velocidade em pit lanes.