A semana termina com novidades para a Honda. Depois de deixar o HR-V sumido do portfólio por alguns meses, o SUV reaparece trazendo a nova geração para o mercado brasileiro. O modelo chega com diversas novidades no design, equipamentos e mudanças na motorização. A pré-venda só começa em agosto, junto com a divulgação de preços.

O exterior recebeu novos aços e reforços estruturais, incluindo materiais de ultra-alta resistência. A Honda manteve a mesma plataforma, mas buscou através de algumas mudanças adicionar uma maior resistência torcional, além de melhorar a resistência a impactos para mais conforto, acústica, dirigibilidade e trabalho da suspensão. As rodas seguem em 17 polegadas mas com novo desenho. 

O design ganhou uma pegada mais urbana com a frente mais alta e mais reta com nova grade e faróis full LED. Na lateral, uma linha de cintura bem relevante deixa o HR-V parecendo um veículo alto, mas na verdade o SUV manteve as mesmas dimensões da antiga geração. As janelas ficaram menores, algo que deu uma encorpada para o utilitário. Já na traseira, percebemos um estilo cupê pronunciado, mas o destaque principal são as novas lanternas, toda em LED e que contornam o porta-malas.

Divulgação/Honda

O interior mudou tudo. Algumas coisas, baseadas no novo City, a Honda realizou uma renovação profunda trocando até mesmo as maçanetas de porta. No geral, o acabamento é de plástico rígido. O SUV ganhou novo painel, controle de ar-condicionado automático e um novo volante. Para o banco traseiro, a fabricante japonesa adicionou 35 mm no espaço para as pernas e manteve o Magic Seat, sistema de modularidade dos bancos. Todas as versões receberam de série a saída de ar-condicionado para a segunda fileira.

O novo HR-V vai ter dois conjuntos mecânicos à disposição podendo escolher entre a versão aspirada e a turbo. O motor aspirado é 1.5 litros capaz de gerar 126 cv e 15,5 kgfm de torque. Essa opção chega em agosto nas concessionárias. Em outubro, chega a opção 1.5 turboflex. A Honda ainda não divulgou informações técnicas do motor porque de acordo com a montadora ainda está em fase de testes e homologação. O que já podemos adiantar é que todas as versões serão equipadas com a nova geração do câmbio CVT que simula 7 marchas. 

Divulgação/Honda

Confira Versões e Equipamentos (Preços não foram divulgados pela Honda):

Honda HR-V 2023 1.5 EX Honda Sensing: Controle de tração e estabilidade, assistente de subida e descida de rampas, freio de estacionamento automático com autohold, 6 airbags, câmera de ré, alerta de pressão de pneus, câmera no retrovisor direito para mitigar ponto-cego, faróis em LEDs com luzes diurnas, lanternas em LEDs, acendimento automático dos faróis, rebatimento elétrico dos retrovisores externos e Honda Sensing (piloto automático adaptativo com low speed follow, frenagem de emergência automática, assistente de permanência em faixa e farol alto automático).

E mais: botão de partida, rodas de 17″, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, sistema multimídia com tela de 8″ e Apple CarPlay/Android Auto sem fios, painel com computador de bordo de 4,2″, modo de condução ECO, ar-condicionado automático de 1 zona com saídas traseiras.

Divulgação/Honda

Honda HR-V 2023 1.5 EXL Honda Sensing: EX soma faróis de neblina em LEDs, chave presencial para abertura de portas, retrovisor interno fotocrômico, volante com aletas para troca de marchas e bancos em couro, sensor de estacionamento traseiro, banco traseiro com apoio de braços.

Divulgação/Honda

Honda HR-V 2023 1.5T Advance: EXL soma motor 1.5 turbo (ainda a ser apresentado), painel com tela de 7″, ar-condicionado de duas zonas, carregador por indução, modo Sport, grade e parachoques esportivos, sensor de estacionamento dianteiro, aplicativo de conectividade My Honda Connect, sensor de chuva e ponteira dupla de escapamento.

Divulgação/Honda