A Honda anunciou nesta semana o retorno do nome Integra ao seu portfólio. O modelo será comercializado com exclusividade na China, onde assumirá um papel de Civic 11 mais refinado e menos conservador, digamos assim. A chegada do sedã às lojas deve ocorrer até o mês de dezembro.

Debaixo do capô, o Honda Integra traz o mesmo motor 1.5 turbo do Civic, que entrega 181 cv e 24,5 kgfm de torque, combinado com câmbio CVT ou manual de seis marchas. No visual, destaque para os faróis de led mais afilados e o recorte das lanternas também distinto em relação ao Civic, assim como o parachoque dianteiro. Os preços do Integra ainda não foram divulgados.