A Mercedes-Benz apresentou recentemente a nova geração do roadster SL. A linha 2022 passa a ser vendida exclusivamente sob a bandeira da AMG – nas configurações SL 55 e SL 63 – e traz uma série de avanços em relação ao modelo antecessor, desde a plataforma ao design.

Debaixo do capô, o Mercedes SL sempre traz o motor 4.0 V8 biturbo a gasolina. Na versão SL 55, ele rende 475 cv e 71,3 kgfm de torque. Na SL 66, são 585 cv e 81,5 kgfm. O câmbio é automático de nove marchas e a tração, pela primeira vez, é integral. De acordo com a marca alemã, o SL 55 acelera de zero a 100 km/h em 3,9 segundos e atinge velocidade máxima de 295 km/h. Já o SL 63 chega aos 100 km/h em 3s6 segundos e vai até 310 km/h.

Entre os muitos detalhes do novo Mercedes-AMG SL estão as maçanetas eletrônicas rebatíveis – emprestadas do Classe S – e o teto de tecido com três camadas, que substitui o anterior de metal. O componente é cerca de 21 kg mais leve e pode ser acionado em apenas 15s a velocidades de até 50 km/h.