A nova geração do Nissan Sentra já deu as caras na China, onde é conhecido como Sylphy, e chamou bastante atenção com seu estilo mais jovial, que seria, digamos assim, uma versão maior do que vimos no novo Versa. A boa notícia é que, além da roupagem revigorada, o sedã médio deve ganhar potência extra no motor 2.0.

De acordo com o site Cars Direct, o modelo prestes a ser apresentado nos Estados Unidos (já como Sentra) terá um propulsor dois litros aspirado de 151 cv. A geração atualmente vendida no Brasil conta com um 2.0 flex de 140 cv. O curioso é que o torque aparentemente não será maior, permanecendo nos 20 kgfm de força. O câmbio continuará sendo CVT.

Em termos de tecnologia, o grande destaque do novo Sentra será o Safety Shield 360 disponível como item de série para todas as versões. Com ele, o sedã passa a dispor de recursos como frenagem de emergência automática, detector de ponto cego, alerta de tráfego traseiro e farol alto automático. Outra evolução é vista na suspensão traseira, que deixa de ser por eixo rígido para adotar o sistema multilink.

A Nissan ainda não divulgou a data de lançamento do novo Sentra nos EUA, mas há grandes chances dele ser mostrado no Salão de Los Angeles, no fim de novembro. Para o Brasil, a torcida é para que ele chegue em 2020 para rivalizar as atuais gerações de Toyota Corolla, Honda Civic, Chevrolet Cruze, Volkswagen Jetta, entre outros.