Os carros de 2015 em De Volta Para o Futuro II

Data:

Compartilhe:

Hoje, dia 21 de outubro de 2015, é a data em que o Delorean DMC-12 do filme De Volta para o Futuro II chega a Hill Valley vindo do ano 1985. O jovem Marty McFly chega voando com a missão de consertar o futuro. O clássico do cinema antecipou várias tecnologias que temos hoje. Televisões gigantes com tela plana e opção, por exemplo, de videoconferência. Óculos que possibilitam a imersão em realidades virtuais, projeções 3D, tablets, videogames que dispensam controles e outras traquitanas modernas também aparecem no filme.

backtofuture_glass TVcall shark

É verdade que ainda não temos o skate voador a venda nas lojas, mas já há protótipos. O tênis da Nike pode ser comprado e existem réplicas, mas eles ainda não se amarra sozinho. Os micro-ondas também não transformam um punhado de massa numa pizza pronta em segundos e, finalmente, carros ainda não voam em 2015.

pizza nike skate

Mesmo assim, são curiosas as previsões que o filme De Volta Para o Futuro II faz para o nosso trânsito. A Pontiac, que fechou as portas na reestruturação da GM, deve voltar de acordo com o filme. E a notícia é boa para quem gosta de customização. O “futuro” será feito de carros clássicos modernizados, e ainda de alguns antigos ressuscitados. Veja abaixo algumas curiosidades.

BMW

O BMW do vilão Biff Tannen é um 633CSi que foi feito até 1989. As modificações no alemão incluem pintura customizada e apliques no capô e para-choques. Claro, o alemão foi convertido para a tecnologia Hover. Assim ele podia sair voando por aí.

Citroen

O Citroën DS foi lançado em 1955, o mesmo ano para o qual Marty McFly volta no primeiro De Volta Para o Futuro. O francês já parecia do futuro quando surgiu na década de 1950. O design ousado e a suspensão hidropneumática o destacavam dos outros carros. No filme, porém, o papel do DS é de ser táxi. Na verdade, está mais para Uber, pois há sistema de entretenimento com música, telefone móvel, lanches e bebidas.

JeppeFusca

Na foto acima, dá para comprovar que os clássicos nunca irão morrer. O Jeep em primeiro plano e o Volkswagen Fusca, à direita da imagem, estão modernizados com o sistema Hover. As grandes calotas dão aos antigos a possibilidade de voar. O preço da conversão, segundo o outdoor do filme, custa “só” US$ 39.999,95. E não é que De Volta Para o Futuro II adivinhou a volta da inflação…

Ford_Probe Ford_Probe2

O Ford Probe de 1989 é um exemplo de carro do passado que tinha a cara do futuro graças às modificações. Os apliques aerodinâmicos e o gigante para-brisa dão cara de van esportiva ao cupê. Será que o estilo Bosozoku de modificações vai pegar nos Estados Unidos em 2015?

Redação
Redaçãohttps://www.revistafullpower.com.br
O guia que te ajuda a escolher seu próximo carro, acessórios, produtos e serviços automotivos.

━ Relembre ━

Inscreva-se em
nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

Em homenagem a Ayrton Senna, McLaren se pinta com as cores do Brasil

O próximo Grande Prêmio de Mônaco, em 26 de...

Naomi Campbell “desfilou” com o exótico BMW XM Mystique Allure em Cannes

A supermodelo britânica Naomi Campbell chegou ao tapete vermelho...

Último Corvette Yenko/SC? Versão com 1.000 HP é limitada em 60 carros

O nome desse carro já diz tudo sobre suas...

Depois de bombar nos EUA com 7.500 pedidos, novo Mustang GTD parte para a Europa

A pré-venda do Ford Mustang GTD terminou esta semana...