A Ford parece estar determinada em colocar a próxima geração do Focus RS em um outro patamar de performance. Segundo a revista britânica Autocar, o hot hatch ganharia um sistema que chamam de “meio híbrido” de 48V pra poder gerar mais de 400 cv e entregar uma pancada de torque quase que instantaneamente.

Se a publicação estiver correta em sua apuração/aposta, o Focus RS vai querer abalar os concorrentes premium dessa categoria, como o Audi RS 3 e o Mercedes-AMG A 45. Aguardado para 2020, a nova geração do Ford provavelmente manteria o motor 2.3 EcoBoost de 375 cv, mas ele seria acompanhado de um sistema elétrico de 48V e motor elétrico pequeno, capaz de gerar cerca de 30 cv. Completaria o conjunto um câmbio de dupla embreagem.

A principal vantagem desse motor é alimentar o compressor elétrico do turbo e poupar energia do motor a combustão, além de entregar torque significativamente mais rápido, sem turbolag. Ou seja, os cerca de 62 kgfm de torque já seriam despejados quase que imediatamente ao afundar o pedal direito.

Essa propulsão meio híbrida seria capaz de levar o próximo Ford Focus RS aos 100 km/h em menos de 4 segundos, colocando-o de vez no panteão dos hot hatches mais insanos! Agora resta torcer pra eles de fato colocaram tudo isso na nova geração dele…