Depois de muito suspense, a Fiat finalmente apresentou nesta semana o novo SUV cupê Fastback. A novidade da fabricante italiana é baseado no modelo Pulse, mas com itens mais privilegiados em comparação ao compacto. Por enquanto a montadora segue mantendo o mistério e só irá divulgar mais informações entre setembro e outubro. 

Foram divulgados apenas duas imagens, que demonstram não só a identidade, mas também o estilo aplicado no cupê. A dianteira, tem uma detalhes bem parecidos com o Pulse Abarth, trazendo uma grade maior, com acabamento em preto brilhante, adicionando as bordas laterais na posição vertical. Os faróis são em full LED.

Já na traseira, a Fiat optou por aplicar um caimento no teto, finalizando com um aerofólio que transmite o tom de esportividade. As lanternas em formato fino, invadem a tampa do porta-malas e por sua vez são totalmente iluminadas por LED. O para-choque traseiro possui um desenho volumoso e com alguns vincos que parecem até um extrator. 

Divulgação/Fiat

O segundo utilitário nacional da italiana chega para concorrer com o Volkswagen Nivus nos quesitos de dimensão e aparência. Mas a briga direta será com o VW T-Cross por ambos os SUVs estarem na mesma faixa de preço (partindo de R$ 140.000). Vale lembrar que neste segmento o Fastback ainda terá como rivais o Renault Captur, Honda HR-V e Chevrolet Tracker. 

No acabamento a expectativa é alta, levando em consideração o fato de que a Fiat pretende aplicar no Fastback itens requintados da marca. Neste caso, podemos esperar o interior com um revestimento de qualidade. O console central deve ser em preto brilhante, podendo ter um  painel de instrumentos com possibilidade de ser digital, acompanhado de uma central multimídia completa. 

O conjunto mecânico é o motivo pelo SUV custar caro. A Fiat pretende disponibilizar no Fastback apenas motores turbo, descartando as opções 1.3 aspirado que estão no irmão Pulse. Os modelos de entrada devem começar pelo 1.0 turbo de até 130 cv, unido ao câmbio automático do tipo CVT. É especulado uma motorização híbrida, mas que só deve aparecer entre 2023 e 2024 junto com versão Abarth 1.3 turbo de até 185 cv do Compass.

FCA Fan Brazil/Instagram