Não se empolgue demais: infelizmente, a Fiat Athena é apenas um exercício de design para uma proposta de versão perua do Argo e sucessora da Weekend que dificilmente existirá. Mas que ficou irada essa projeção ficou, né? Ainda mais com uma roupagem tuning, feita especialmente para nós pelo Overboost BR.

A projeção da Fiat Athena – em versão convencional e preparada – é obra do publicitário Renato Aspromonte. Foi dele também a ideia do nome da perua. “Escolhi Athena por ser um nome da mitologia grega, assim como Argo e Cronos e pelo fato de que o nome Argo, escolhido para ser o hatch dessa linha, era o batismo de uma embarcação construída com a ajuda da deusa Athena. Daí a ideia de chamar de Athena a versão perua dessa família”, explica.

O design da Fiat Athena buscou inspiração no Fiat Tipo europeu para a dianteira, com direito ao logotipo escrito na grade, tal como na nova Strada. Já a traseira foi baseada no Cronos, utilizando as lanternas e as principais linhas da tampa e dos parachoques do sedã. As diferenças ficam por conta de uma maior abertura do porta-malas e dos elementos internos das lanternas. 

Na configuração tuning desenvolvida para a Fullpower, a perua incorporou vários elementos esportivos, como grade do tipo colmeia, faróis com projetor, faróis de neblina amarelos, luz de posição laranja nas extremidades dos faróis, teto pintado de preto fosco e faixa central de mesma tonalidade na tampa do capô e do porta-malas.

A Fiat Athena preparada ainda traz saias laterais, puxadores de porta pretos e até um body kit inspirado no Audi RS4. Na traseira, destaque também para as lanternas escurecidas, refletores fumê e spoiler preto brilhante. Debaixo do capô, certamente teríamos uma configuração mais nervosa para o veterano motor 1.8, ou quem sabe o inédito 1.0 turbo (que será adotado por Argo e Cronos em 2021) já com um belo remap.

FAIXA BÔNUS: FIAT CRONOS TUNING

E como ficaria esse pack tuning no Fiat Cronos, sedã que serviu de base para a projeção da perua Athena? Taí a projeção do modelo. Aliás, ótima dica para uma próxima série esportiva do compacto, né?