A Stellantis e a Toyota já trabalhavam juntas na fabricação de veículos comerciais leves para o mercado Europeu, mas nessa semana acabam de divulgar uma expansão dessa parceria. Dessa vez, as empresas focam na construção de um novo utilitário de grande porte incluindo uma versão totalmente elétrica.

O primeiro furgão da Toyota será uma variante dos já conhecidos Fiat Ducato, Citroën Jumper e Peugeot Boxer. A nova van deverá ser construída em dois polos industriais da Stellantis, a fábrica de Gliwice, Polônia e na Atessa, Itália. Vale lembrar que este será o terceiro utilitário criado pela parceria das empresas. Em 2012, o Toyota ProAce foi o primeiro a ser lançado, e era muito parecido com um Citroën Jumpy.

Para Carlos Tavares, CEO da Stellantis: “Com este terceiro compromisso bem-sucedido, a Stellantis está demonstrando ainda mais sua experiência no segmento de veículos comerciais e no desenvolvimento de tecnologia de bateria elétrica construída para suportar uma gama completa de necessidades. Este acordo fortalece nossa liderança na EU30 para veículos comerciais de baixas emissões e nos aproxima mais da realização de nossa meta Dare Forward 2030 de nos tornarmos o líder global indiscutível em veículos comerciais leves em termos de tecnologia, fabricação, participação de mercado e lucratividade”.

Se pensarmos pela lógica, o novo furgão da Toyota vai ter muitas peças dos irmãos da Stellantis com interior, e carroceria baseada em um Fiat Ducato. E para se enquadrar na linha da montadora japonesa, a grade frontal e o para-choque devem receber um design levemente alterado.

Na Europa, os veículos comerciais possuem um número significativo das vendas globais. O primeiro trimestre de 2022, de acordo com dados da Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis, teve o emplacamento de 411.097 unidades. Basicamente, a nova van da Toyota vem para atender um segmento. Construída pela Stellantis, mas com emblema da montadora japonesa. 

Divulgação/ Toyota