A 3ª Etapa do Campeonato Paranaense de Arrancada 2010 aconteceu de 12 a 13 de junho no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), com a participação de 150 pilotos e público de cinco mil pessoas. Os treinos livres e baterias de sábado sofreram atrasos devido à chuva em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, onde está localizado o Autódromo. A programação de treinos e baterias oficiais voltou ao normal apenas no domingo.

Diferente da segunda rodada do Paranaense, realizada simultaneamente com a primeira etapa do Brasileiro de Arrancada, os vitoriosos foram definidos pelo melhor tempo de cada categoria durante as puxadas oficiais. Na etapa passada, os vencedores foram determinados pelas puxadas classificatórias e confrontos diretos nas finais.

Evoluindo a cada round, esse regional começa a mostrar a força dos pilotos locais. Os competidores do estado do Paraná não deram chance para os “estrangeiros” em muitas categorias, antes dominadas por “agentes externos”. Das 16 categorias disputadas, oito foram vencidas por pilotos do estado. Além disso, três dos seis recordes batidos vieram da tocada de pilotos da casa.

A categoria Standard, como no Rio Grande do Sul, está em constante crescimento também no Paranaense. Dos oito participantes, cinco andaram na casa dos 13 segundos. Quem levou a melhor foi o maringaense Jeferson Gorgen, que baixou o recorde, marcando belos 13s152 no quarto de milha.

Celso Camargo, da Benato Racing, segue imbatível na Traseira Original! Após aterrorizar na etapa do Brasileiro no Velopark (veja matéria na pág 148), o piloto baixou mais uma vez o recorde do Paranaense, com 11s247.

Na disputada Dianteira Turbo B, levou a melhor o único Chevrolet entre a imensidão de Volkswagen: Adriano Prado, da Dragster Motorsport, de Londrina (PR), reagiu rápido no farol e faturou o caneco com seu Astra, ao estampar no placar 11s710, mais 0s001 no farol! A soma da reação, mais o tempo de pista, deixaram o novo recordista Adriano Scariot, de Paranaguá (PR), na segunda posição, com 11s596 mais a reação de 0s130.

Alejandro “The Flash Power” Sanchez acelerou sozinho na Top Alcohol Dragster e foi o mais rápido do fim de semana, com o tempo de 6s319 e velocidade final de 369 km/h.

Tradicionalmente nas provas de Arrancada de Curitiba, o estacionamento atrás das arquibancadas é tomado por apreciadores do som automotivo. Nesta etapa, este público ganhou ainda mais espaço, com a realização da 1ª Etapa da Copa Curitiba de Som Automotivo, organizado pela SPT Sound. O evento foi dividido em diversas categorias, de acordo com o tipo de sonorização.

A próxima etapa  do Paranaense de Arrancada está prevista para os dias 13 e 15 de agosto, paralelamente à etapa do Brasileiro de Arrancada. Acesse mais informações e fotos nos sites revistafullpower.com.br e dragsterbrasil.com.