A Land Rover anunciou ontem (22) o preço e o início da pré-venda da versão de entrada da nova geração do Range Rover Evoque. Batizada de R-Dynamic SE P250, a configuração equipada com motor 2.0 turbo flex vai ser comercializada por R$ 281.600 e chega às concessionárias da marca em outubro.

O propulsor dois litros bicombustível do Evoque mais barato rende 250 cv e 37,2 kgfm, associado ao câmbio automático de nove marchas. O conjunto faz o SUV compacto atingir 230 km/h de velocidade final e acelerar de zero a 100 km/h em 7,5 segundos.

Tal como na versão topo de linha – 300 HSE R-Dynamic, de R$ 322.300 -, ele conta com sistema de tração 4×4 sob demanda e com o Terrain Response 2, que adapta automaticamente as configurações do veículo ao tipo de piso em que ele trafega. As situações de condução são: Normal, Eco, Grama/Cascalho/Neve, Lama/Sulcos, e Areia.

A lista de equipamentos do novo Evoque flex é bem recheada. Inclui faróis e lanternas de led, bancos de couro com ajustes elétricos e memória, central multimídia com tela de dez polegadas, assistência de faixa, sensores de estacionamento, para-choques esportivos, rodas de liga leve de 20”, assistente de farol alto automático, tampa do porta-malas elétrica, quadro de instrumentos com tela TFT de 12,3”, sistema de som Meridian e tela central para comando do ar-condicionado e funções do carro.

Comparado ao P300, o Evoque P250 fica devendo piloto automático adaptativo, câmeras 360°, frenagem automática de emergência e o acabamento preto nas letras do capô e porta-malas. Vale destacar ainda que o novo Range Rover Evoque vem importado da Inglaterra e, ao menos por enquanto, não há previsão de ser montado na fábrica de Itatiaia (RJ), como era a antiga geração.