A Volkswagen caminhões anunciou nesta semana o lançamento da linha Delivery para o mercado do Panamá. A ampliação faz parte da estratégia de internacionalização que agora, além do Brasil, totaliza uma presença em quinze diferentes destinos nas Américas. Todo o processo de crescimento tem sido realizado em parceria com o grupo Tiesa, empresa que há cerca de 25 anos, revende veículos VW.

Segundo Matheus Francesco, supervisor de Vendas Internacionais da VWCO; “A Volkswagen Caminhões e Ônibus vem se tornando cada dia mais presente e com participação ativa nos mercados da América Central. E agora ainda mais fortemente no Panamá, com o lançamento dos novos modelos da linha Delivery. O produto na versão 4×2 se encaixa perfeitamente às condições urbanas da cidade do Panamá, assim como a versão 4×4 para as condições fora de estrada mais afastadas da capital’’.

Divulgação/Volkswagen

Já para Rafael Aleman, diretor executivo da Tiesa: “Temos grandes expectativas com a chegada do VW Delivery. Sentimos que é a ferramenta para o desenvolvimento e crescimento da nossa empresa, rumo a um mercado muito competitivo, com um produto de alta qualidade. Já conquistamos o segmentos de saneamento, administração municipal e construção, porém queremos ainda mais: observamos um grande potencial para vendas nos mercados avícola, de panificação e agroindustrial”.

Neste momento inicial da transição para outro mercado, a fabricante pretende iniciar as vendas com o portfólio que é composto pelos modelos 6.160 e 9.170. Na versão 6.160 o caminhão vem equipado com o motor 2.8 turbodiesel Cummins capaz de gerar 156 cv de potência a 3.200 rpm, com o torque de 43,8 kgfm a 1.500-2.400 rpm, sempre associado ao câmbio manual.

Já o exemplar 9.170 possui um conjunto mecânico mais potente tendo debaixo da cabine o motor 3.8 turbodiesel com a potência de 167 cv a 2.600 rpm e torque de 61,1 kgfm a 1.100-1.700 rpm, podendo ser relacionado com câmbio manual ou o automatizado. Vale lembrar que a opção tem uma das melhores manobrabilidade da categoria, com o PBT (Peso Bruto Total) de 5.800 kg, enquanto no 9.170 o PBT é 8.500 kg.

Divulgação/Volkswagen