O Latin NCAP, instituto responsável pelo crash test dos automóveis zero quilômetro vendidos no Brasil, revelou nesta semana o resultado dos testes de impacto feitos com o Volkswagen T-Cross e o Toyota Yaris. Prestes a chegar às concessionárias, o SUV compacto recebeu nota máxima tanto para a proteção para adultos quanto para crianças. Já a configuração sedã do modelo da marca japonesa levou quatro estrelas das cinco possíveis.

Dotado de seis airbags, controles de tração e estabilidade, além de sistema isofix para fixação de cadeirinhas, o T-Cross recebeu elogios dos avaliadores. De acordo com o Latin NCAP, com exceção do tórax e da perna esquerda do motorista, cuja proteção foi considerada adequada nos choques frontal e de poste, todas as partes do corpo tiveram boa proteção no ensaio.

Ao contrário do SUV, a versão testada do Yaris só tinha dois airbags, para motorista e passageiro. Somente a configuração topo de linha do sedã oferece bolsas laterais, de cortina e também para o joelho do condutor. Sem elas, o modelo não conquistou cinco estrelas.

Segundo o instituto, o Yaris teve uma proteção “marginal” na região do peito do motorista, assim como nas pernas do condutor, por conta de estruturas perigosas atrás do painel. A área dos pés foi considerada instável, com risco de intrusão. A nota de impacto frontal do Yaris foi de 11,23 pontos em um máximo de 16. O T-Cross, como comparação, garantiu 14,62 pontos.

Confira a seguir os vídeos dos testes com os dois modelos:

VW T-CROSS

TOYOTA YARIS SEDÃ