Se o Corvette como conhecemos está em vias de ser aposentado, já que ele deverá ganhar uma configuração de motor central-traseiro na próxima geração, isso não significa que o modelo atual não tenha mais lenha para queimar. Ainda mais nas mãos da Special Vehicle Engineering, que lançou nesta semana uma preparação assinada pelo selo Yenko/SC (lendário customizador de Camaro) Stage II.

A preparação foi feita com base num Corvette Grand Sport modelo 2019, que teve a sua capacidade volumétrica aumentada dos 6,2 litros originais para 6.8, da geração LT1, V-Oitão com incríveis 1.013 cv. Ele pode trabalhar tanto com câmbio automático ou um caixa manual. Pra tirar toda essa “cavalaria” do motor, os preparadores precisaram forjar todo o bloco de aço, praticamente, e instalar pistões de alumínio, também forjados.

Entre outras melhorias do esportivo americano, estão um novo sistema de injeção direta e um escape de alta performance, feito sob medida para o modelo, assim como o supercompressor, bem maior que o original.

Visualmente, o carro não recebeu tantas modificações assim. As mudanças se concentraram na pintura, que inclui um embelma “Yenko 1000HP Supercharged” e outros detalhes que remetem ao preparador.

Infelizmente, não há mais informações sobre o desempenho que o Corvettão ganhou com essa preparação da SVE, mas certamente ele deve entregar mais do que um ZR1 pode fazer… A produção será limitada em 25 unidades.