Porsche testa protótipo do 911 off-road ao lado de vulcão no Chile

Data:

Compartilhe:

A Porsche parece não ter medo de grandes desafios. Nas últimas semanas, a fabricante alemã realizou uma expedição até o Chile, mais especificamente no território de Ojo del Salado, o vulcão mais alto do mundo. A visita na américa do sul, tinha um motivo importante para a montadora: Testar duas variantes do 911 projetadas para o Rally

O carro que tem o DNA com cada curva destinada ao automobilismo, agora também está prestes a ganhar familiares no Off Road. O esportivo mais icônico da marca, recebeu modificações brutais para poder escalar grandes dimensões chilenas, dando indícios de uma possível participação no Rally Dakar em 2023.

“Foi mágico construir um 911 como o mundo nunca viu antes – possibilitado por uma pequena equipe de entusiastas da engenharia. O 911 já havia sido testado amplamente nas pistas de competição e diferentes estradas. Com este projeto, estamos mudando o foco para onde não há estradas”, disse Rösler, diretor da linha de produtos 911. “Testar nossas teorias significa encontrar os ambientes mais hostis possíveis para ver se funcionam – e no vulcão mais alto do mundo, conseguimos.”

S22 4019 fine scaled 1
Divulgação/Porsche

Para transformar o esportivo em Off Road, a Porsche realizou alterações profundas no 911. Os dois protótipos são baseados na versão Carrera 4S, que manteve a tração integral mas recebeu nova suspensão com altura de 13,7 polegadas – isso é meia polegada a mais do que o Ford Bronco Raptor -, novos pára-lamas alargados, rodas com pneus gigantes, racks de carga no teto e proteção na parte inferior da carroceria feita de fibras sintéticas resistentes ao calor. 

Os dois carros foram inicialmente equipados com gaiolas de proteção, assentos de fibra de carbono e cintos para atender aos requisitos de segurança exigidos por esse projeto. Em seguida, foram adicionados eixos portal para aumentar a distância ao solo (agora 350 mm)

Sob o capô, a receita segue a mesma do 911 Carrera 4S, com 443 cv de potência, mantendo a mesma caixa de transmissão manual de sete marchas. O câmbio teve mudanças para prevalecer a performance em baixas velocidades, adicionando um diferencial de travamento manual para tração máxima.

Durante a experiência, os integrantes da expedição conseguiram levar os esportivos a uma altura de até 19.708 pés em uma montanha. Vale lembrar que o teste foi feito em uma temperatura abaixo de -22 graus Fahrenheit. De acordo com a Porsche a missão foi concluída com sucesso.

High Altitude PR Photo Web 31 scaled 1
Divulgação/Porsche
Redação
Redaçãohttps://www.revistafullpower.com.br
O guia que te ajuda a escolher seu próximo carro, acessórios, produtos e serviços automotivos.

━ Relembre ━

Inscreva-se em
nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

Ford celebra 60 anos do Mustang com edição limitada em 1965 unidades

Hoje, dia 17 de abril, é o aniversário de...

Jeep Commander ganha opções com motor 2.0 Turbo e fica até R$ 40 mil mais barato

Se algum dia faltou força ao Jeep Commander, isso...

Jeep Compass com motor Hurricane de 272 cv dá um show em performance

Segure o chapéu, pois vem aí um vendaval! Um...

As 5 marcas de bateria com melhor reputação, segundo o Reclame Aqui

Você já parou para pensar na importância da bateria...