Você está vendo o Lamborghini com motor V12 mais potente da história da montadora. Apresentado nesta semana, o Essenza SCV12 estreia em uma série limitada de 40 unidades e marca o fim dos superesportivos naturalmente aspirados do fabricante italiano. A partir de agora, as super máquinas da Lambo serão apenas híbridas.

A despedida dos V12 aspirados tinha que ser em alto nível, né? Para isso, a Lamborghini equipou o Essenza com um propulsor 6.5 de generosos 830 cv. O câmbio é sequencial de seis marchas, a tração é traseira e a aerodinâmica, toda ajustável para garantir o máximo de desempenho nas pistas. 

De acordo com a marca, o supercarro atinge pressão aerodinâmica de 1.179 kg a 250 km/h, mais do que um modelo GT3. Preço e mais detalhes de desempenho ainda não foram revelados. Mas só de olhar para a macchina – cujo visual foi inspirado no dos protótipos de corrida dos anos 1970 – dá para sentir o seu poderio. O chassi do Essenza é todo de fibra de carbono, enquanto que as rodas são de magnésio. Já o sistema de freios traz a assinatura da Brembo.

Na cabine, destaque para o volante nos moldes da Fórmula 1. Na verdade, toda a cabine foi inspirada na de um monoposto, com direito a assentos homologados pela FIA. “A Lamborghini é uma marca que constantemente olha para o futuro e procura novos desafios, mas nunca esquecemos nossas raízes e quem somos: o Essenza SCV12 é a combinação perfeita de nosso espírito não convencional de super fabricante de carros esportivos e nossa verdadeira paixão pelo automobilismo”, afirma o CEO da Lamborghini, Stefano Domenicali.