Silverado com seis rodas aro 22″ e motor V8 é gigante de SP!

Data:

Compartilhe:

O início do Velozes & Furiosos 4 mostra caminhões roubando carretas de combustível. Entre as picapes transformadas para o filme hollywoodiano, há uma Silverado 1989 Crew Cab, ou nossa conhecida cabine dupla. Bem transformada e equipada com um V8 572 Chevy Performance, ela perdeu a caçamba lisa em troca de uma plataforma para levar os cilindros de nitro e engates para as ações da bandidagem. Ricardo Codo, empresário do ramo automotivo de São Paulo, achou uma picape Chevrolet do mesmo modelo utilizado no filme e a abraçou para uma restauração pesada, seguida de uma leve customização.

lateral
Silverado com 5,90 metros de comprimento e 3,12 metros de largura sofre para rodar nas ruas e avenidas do Brasil

“Comprei o utilitário pela oportunidade e por curtir carros americanos grandes. E esse, além de comprido, é tão largo que fica ruim de rodar pelas ruas de São Paulo, com tantas motos, trânsito e faixas estreitas para a Silverado”, conta Ricardo. Durante nosso ensaio, deu para perceber que os 5,90 m de comprimento e 3,12 m de largura exigem uma ginástica do condutor para se manter dentro de uma faixa apenas.

E esse problema foi o próprio dono que criou: a caçamba original era alinhada com a cabine “crew cab”, sem as laterais alargadas, chamadas de step-side. “Quando comprei o carro e comecei a importar as peças, achei um par de paralamas de fibra de vidro em uma loja nos Estados Unidos. Comprei os dois e, quando chegaram ao Brasil, o funileiro que trabalha em nossos projetos especiais chamou a responsbilidade e garantiu um bom resultado, fazendo as peças na lata e as integrando à caçamba”. Basta olhar qualquer uma das fotos e perceber que o sujeito tinha razão. E mais: ao vivo é perfeito, sem vestígios de emenda, solda ou falta de alinhamento, NADA! O azul da carroceria é o de fábrica e o pequeno caminhão foi repintado na mesma cor.

Peças como grade e para-choques estavam em bom estado e receberam uma cromeação nova. Os espelhos vieram zerados, assim como faróis e lanternas de LED. Até mesmo as lanternas do teto são novinhas em folha.

traseira
As seis rodas do monstrão Chevy são aro 22″

Troca consciente

Ricardo poderia ter continuado com o motorzão V8 original da picape, um 454  (7,4 litros). Porém, teria que abrir, retificar, arrumar, trocar o carburador de corpo duplo por uma injeção eletrônica ou até mesmo por um quadrijet. Só que não: ele preferiu enfiar um veoitão zerado que achou em um jipe Grand Cherokee prontinho para ser o doador. Já veio powertrain completinho, com o câmbio automático de quatro marcas, aposentando também o manual que tinha alavanca no assoalho. “Aproveitamos as alterações para colocar a alavanca na coluna e deixar o assoalho livre na frente e abrir caminho para as pernas de quem passeia no banco interiço da Chevy. Apesar de o antigo 454 ser torcudão, esse motor que colocamos tem poucos anos de uso e foi mais fácil fazer o swap”, completa Codo. Como o objetivo está longe do trabalho pesado, proposta original deste utilitário, um V8 mais atual com cerca de 200 cv e 40 kgfm de torque dá conta de passeios e viagens, sem surpresas.

interior
Por dentro também é gigante. Dá para ir em oito pessoas dentro desta “Crew Cab”

Ela desfila!

Nas poucas horas que tivemos de convivência com esse verdadeiro caminhão, impressionou seu poder de atração nas ruas e na estrada, no caminho para o litoral de São Paulo, onde fizemos este ensaio. Celulares e máquinas fotográficas dispararam cliques da Chevy gigante o tempo todo.

roda1
As rodas de 22 polegadas foram encomendadas especialmente para o projeto

Além do cuidado na restauração, as SEIS rodas 22” — polidas e com visual de pesado mesmo —, se juntam à suspensão Fênix, feita na altura desejada por Ricardo para compor um belo visual. Claro, dá para socá-la no chão, mas o conforto da cabine exageradamente grande irá para o espaço. Mesmo com os bancos e laterais de portas também restaurados e revestidos no padrão de fábrica, rodar muito baixo poderia prejudicar o rolê e ainda ficar fora da nova legislação, que não permite nada mais baixo do que 10 cm de altura em relação ao solo.

 

Redação
Redaçãohttps://www.revistafullpower.com.br
O guia que te ajuda a escolher seu próximo carro, acessórios, produtos e serviços automotivos.

━ Relembre ━

Inscreva-se em
nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

As 5 marcas de bateria com melhor reputação, segundo o Reclame Aqui

Você já parou para pensar na importância da bateria...

Jeep relança Wrangler com pintura cor-de-rosa nos EUA

Após receber uma onda de pedidos, a Jeep decidiu...

BMW X5 será o primeiro carro híbrido plug-in produzido no Brasil

O Brasil está prestes a receber seu primeiro veículo...

Nova picape Chevrolet S10 tem pré-venda iniciada por R$ 281.190

Com apresentação ao público marcada para a próxima semana...