A TVR, fabricante britânica de modelos esportivos (como o Sagaris e o Typhon), mostrou durante o festival Goodwood Revival na semana passada um modelo inédito. Mais um superesportivo!

Batizado de Griffith, o modelo representa a nova fase da fabricante, que foi adquirida pelo empresário Les Edgar em 2013. Ele tem a plataforma iStream feita inteiramente de fibra de carbono e é equipado com o motor 5.0 V8 da Cosworth que equipa o Mustang GT, calibrado para render 506 cv de potência. A transmissão é composta por câmbio manual de seis marchas e tração traseira, ou seja, bem de raiz.

De acordo com a fabricante, o TVR Griffith tem 1.199 kg (o que rende a ótima relação entre peso e potência de 2,3 kg/cv) e distribuição de peso igual entre os eixos. A estimativa é que ele acelere até os 100 km/h em menos de quatro segundos e ultrapasse os 321 km/h.

Quanto ao design, o superesportivo tem uma pegada mais moderna, especialmente se comparada aos outros modelos antigos da marca, que abusavam das curvas futuristas. O visual contemporâneo, com clara influência italiana, parece mais apelativo, sem perder a personalidade da TVR.

Os proprietários da fábrica vão produzir 500 unidades num primeiro lote do esportivo, mas a ideia é fazer até variações dele, como uma versão conversível.