Superstrada preparada para o Salão do Automóvel

Data:

Compartilhe:

O supervisor Leonardo Cavaliere e o engenheiro José Maria Gomes, ambos da Plataforma de Acessórios e Veículos Especiais da Fiat, procuraram a FULLPOWER e lançaram um desafio: “Queremos uma Strada esportiva para ser exposta no Salão do Automóvel”. Mas não era tão simples, havia uma ressalva: “Ela não será apenas um modelo estático, será exercício de estilo e engenharia. Deve ter desempenho elevado”.

O “cabeção” de cada membro da equipe da FULL começou a ferver, afinal, ter a liberdade de construir um carro com estilo radical e performance elevada, com suporte da montadora, e que seria avaliado pelos departamentos de Estilo, Qualidade, Engenharia… Era muito mais do que um simples desafio!

A ordem era remover componentes, aliviar a picape, deixá-la mais “racing”, menos fora-de-estrada. Tudo baseado no que se faz na rua em carros preparados, como remoção de frisos, rebaixamento de suspensão, pintura de lanternas e faróis e rodas maiores.

salao32

Frisos, arcos de paralamas (os chamados codolinos), plásticos de acabamento da caçamba, todos seriam eliminados. No lugar destas peças, apenas metal. Trabalho na chapa original ou fabricação de novos componentes de alumínio usinado em CNC.

Apesar da grande liberdade de criação no projeto, alguns itens já estavam definidos pela Fiat: adaptação de kit aero de fábrica, similar ao do Palio, integração de navegador por GPS Magneti Marelli no painel, teto-solar elétrico Webasto, unidade principal Kenwood para Fiat Acessórios, alto falantes Bomber (inclusive os subs de 8” instalados nas laterais traseiras, em furações originais) e a cor, um amarelo tricoat com efeito especial avermelhado, desenvolvida pela Basf exclusivamente para esta Strada. Airbag e ABS também estavam na lista de acessórios necessários.

Com orçamento e projeto definidos, Leonardo enviou uma unidade 1.4 pré-série, de teste, para a modelação, fabricação e adaptação de peças. O protetor plástico da caçamba foi substituído por placas de alumínio, usinadas em CNC pela NHS Usinagem. Mestre Carlos Gonçalves Correia, da G&R Drag Racing, cobriu os furos dos codolinos, rebateu os paralamas para acomodarem os Pirelli P Zero 215/35 e modelou as saídas de ar da coluna C em alumínio. A Ancona Ferramentaria de Precisão usinou os acabamentos em torno da caçamba, que são fixados com parafusos também de alumínio.

salao2

A cobertura rígida da caçamba, outra exigência da Fiat, foi produzida com fibras de vidro, aramida e carbono, no galpão da FULLPOWER. Para suspendê-la eletricamente, foram utilizados dois motores lineares de 12” da ATW. Outro detalhe do compartimento de carga é a bateria Optima Yellow Top, que foi instalada deitada na traseira, no canto direito, para melhorar a distribuição de massa do carro, descarregando peso da roda dianteira esquerda.

Enquanto o mestre Carlinhos trabalhava na caçamba, no habitáculo, o fabricante Bira Kakazu modificava os trilhos de banco para adaptar os Momo Speed 2 reclináveis. O instalador Carlos Alexandre Silva montou os manômetros de óleo, turbo e combustível Prosport Performance, de 52 mm, no pod de painel para três instrumentos que equipa a linha Adventure. O painel de instrumentos recebeu nova grafia e iluminação por leds para combinar com os manômetros — trabalho realizado pela Velobakar.

A suspensão foi enviada para a Impacto Especiais, que produziu novos amortecedores e molas dianteiras, fabricou buchas de poliuretano para substituir as originais, de borracha, e arqueou os feixes de mola traseiros para ajustar a altura do carro.

motor1

Os freios foram adaptados pela Powerbrakes apenas com peças do grupo Fiat. Discos de 312 mm ventilados e slotados e pinças Brembo de quatro pistões da dianteira vieram dos Alfa Romeo 166. Na traseira, foi montado o conjunto de discos do Tempra Turbo nos cubos de roda de Punto com ABS.

As rodas Axis Reverb de aro 18” e furação 5×100 não foram escolhidas apenas pelo design racing. Além de permitirem a montagem dos discos do 166 e das “gorduchas” Brembo, elas são mais leves, pois os raios são ocos. Para fixá-las no carro, foram empregados prisioneiros de roda M-12×1,5 mm Ancona e porcas Volk Racing, de alumínio forjado.

Imaculada

Ao finalizar estas modificações, o carro de rascunho foi enviado para casa, a fábrica da Fiat em Betim (MG). A Strada do Salão foi produzida sob encomenda, graças à boa vontade e perseverança de Leonardo. A equipe da FULLPOWER tinha solicitado uma picape especial: equipada com motor 1.8, ABS, airbag, mas sem os acabamentos de bate-pedra e revestimento acústico. Ah, para que a pintura customizada fosse impecável, o carro veio no fundo primer, sem tinta e também sem os vidros. Já imaginou poder encomendar um carro ultraleve e intocado direto da fábrica, para que possa ser acabado “em casa”? Demais, não?

Saída da fábrica mineira, a Strada imaculada parou na SPA Turbo, já em São Paulo (SP), para que o coletor de escape fundido (outra exigência do projeto) fosse desenvolvido em tempo recorde. Com flange do tipo T25, o coletor acomoda um turbo Garrett roletado, o GT 2860 RS “Disco Potato”. Válvulas de alívio e blow-off do tipo exportação — com corpo de aço inox microfundido — também foram produzidas pelo fabricante de kits, especialmente para o carro, com a exclusiva anodização titânio.

Chegando ao galpão FULLPOWER, a picape foi completamente desmontada e colocada em um suporte com rodas feito especialmente para ela, o “carrinho”. Depenada, ela seguiu direto para a cabine de pintura, onde o artista André Maeda, o Monge Cheyenne, aplicou o amarelo exclusivo e as faixas na cor bronze que percorrem o carro de ponta a ponta, contornam a tampa traseira e retornam pela lateral onde sobem depois da vigia.

O motor 1.8 foi aberto pelo preparador Emerson “Gordo” Soares e espalhado por diversas empresas. O cabeçote foi à Paula Faria para sofrer alterações em dutos, ângulos de válvulas e câmaras de combustão. João Eduardo de Paula, sócio da empresa, ficou entusiasmado com o resultado. “Com modificações leves, uma das solicitações do projeto, conseguimos extrair 10 cfm na admissão. De 76 cfm, saltou para 86 cfm.”

Volante de motor e virabrequim foram enviados para a Removel para alívio de peso (1,7 kg) e instalação de pinos. Depois, o conjunto, incluindo platô FF Embreagens, foi balanceado na Retífica Retifort.

Com o motor instalado, chegou a hora da equipe da 4D Garage instalar o escape de 3” e pressurização de 2,5”, ambos de aço inox. Injeção de combustível (com injetores de 90 lb/h e duas bombas externas Savor) e ponto de ignição são regulados por módulos programáveis RacePRO-1Fi e Fire 4S, da FuelTech. A injeção original ainda comanda painel de instrumentos, marcha-lenta, compensador de aceleração do ar-condicionado e borboleta de admissão.

No interior, a Alemão Couros aplicou couro preto e Ultrasuede grafite, uma camurça sintética de alta resistência similar ao Alcantara, nos bancos Momo, laterais de porta, teto e colunas. A linha empregada na costura remete à cor das faixas externas e pinças de freio. O volante foi desenvolvido exclusivamente para o show-car. Este modelo GT3 Protótipo é o primeiro equipado com airbag produzido pela Shutt. A alavanca de câmbio em alumínio usinado tem relação de engate mais curta, também exclusiva, da Ancona.

Graças ao esforço de todos, a SuperStrada de 300 cv foi um dos destaques do Salão do Automóvel no estande da Fiat. A missão foi cumprida, mas unir todas estas empresas em um projeto com tantos detalhes não foi fácil!

Redação
Redaçãohttps://www.revistafullpower.com.br
O guia que te ajuda a escolher seu próximo carro, acessórios, produtos e serviços automotivos.

━ Relembre ━

Inscreva-se em
nossa Newsletter

━ Mais Lidas da Semana ━

Mais leve e com potência extra, novo BMW M3 CS chega ao Brasil em tiragem super limitada

Mais potente, mais leve e mais rápido. Essas são...

Neta Auto, da China, confirma estreia no 2º semestre e planeja fábrica no Brasil

Nova marca chinesa no Brasil, a Neta Auto divulgou...

Última dança do V8: Ram 1500 Classic R/T é limitada em 100 unidades

O casamento entre as picapes Ram e os motores...

Depois de bombar nos EUA com 7.500 pedidos, novo Mustang GTD parte para a Europa

A pré-venda do Ford Mustang GTD terminou esta semana...