A Honda anunciou nesta quarta-feira (27) a pré-venda da nova CB1000R no Brasil. A supernaked chega às concessionárias da marca em março, com preço sugerido de R$ 58.690, chamando atenção com seu estilo que o fabricante batizou de “Neo Sports Café”, com forte apelo retrô.

Tão atrativo quanto o design é o conjunto mecânico da motocicleta, equipada com motor DOHC de 998 cm³ de quatro cilindros em linha e cabeçote de 16V. A potência máxima é de 141,4 cv a 10.500 rpm e o torque de 10,2 kgfm surge entre seis e oito mil rotações. O câmbio é de seis marchas e conta com uma embreagem deslizante de comando hidráulico para auxiliar nas reduções de marcha em tocadas mais fortes.

Outro destaque da CB1000R são os quatro modos de pilotagem (Rain, Standard, Sport e User), selecionados por meio do comando situado no punho esquerdo do guidão e que alteram a resposta do acelerador, potência, controle de tração e freio-motor.

O sistema de freios da naked é composto por discos flutuantes de 310 mm na dianteira com cálipers radiais de quatro pistões. Na traseira, o cáliper de dois pistões age no disco único de 256 mm. A roda traseira côncava calça pneu de 190/55 ZR17 e na frente o composto tem medidas 120/70 ZR17.

O sistema de freios traz discos flutuantes de 310 mm na dianteira com cálipers radiais de quatro pistões. Na traseira, o cáliper de dois pistões age no disco único de 256 mm. A roda traseira côncava calça pneu de 190/55 ZR17, enquanto na frente o pneu tem medidas 120/70 ZR17.

Na aparência, um dos charmes da nova Honda é a iluminação full led com assinatura DRL na dianteira e traseira. Por ser uma naked, a CB1000R traz apenas seis painéis de carroceria em plástico, detalhe que deixa mais evidente partes como o tanque de aço sem soldas e as peças usinadas no motor pintado de preto. O quadro de instrumentos é totalmente digital, com conta-giros em formato circular.

A nova CB1000R será vendida nas cores vermelha metálica e preta perolizada. O modelo terá garantia de três anos sem limite de quilometragem e assistência 24 horas em países da América do Sul.