A Toyota prepara para o ano que vem a primeira reestilização do Yaris. Vendido no Brasil desde 2018, o hatch receberá leves alterações na dianteira e outras mais discretas ainda na traseira, como podemos observar nas projeções feitas pelo Overboost BR, com base nas imagens de registro de patente que vazaram na Argentina.

O parachoque frontal, inspirado no do Yaris europeu, é onde se concentram as maiores atualizações do modelo, com destaque para o desenho em “C” na região dos faróis de neblina, tal como no novo Corolla. Também chama atenção o conjunto óptico 100% de led, que deverá ser novidade para a versão topo de linha e um diferencial no segmento que tem competidores como o Volkswagen Polo, Hyundai HB20 e Chevrolet Onix.

Na traseira, o Yaris deve receber apenas rearranjos na parte interna das lanternas, enquanto que na cabine é esperada uma melhoria no nível de acabamento, além da adoção de uma central multimídia mais moderna, volante ao estilo do Corolla e regulagem de profundidade da coluna de direção.

A motorização do Yaris reestilizado deve seguir a mesma: 1.3 de 101 cv e 13,2 kgfm e 1.5 de 110 cv e 15,2 kgfm, ambos quatro-cilindros flex com comando variável de válvulas e gerenciados por câmbio manual ou CVT. Na Europa, o compacto é construído sobre a plataforma TNGA-B, a mesma do Corolla. Já o nosso aproveita a base indiana do Etios.