“Aquele que tiver paciência terá o que deseja”, disse Benjamin Franklin, filósofo e cientista norte-americano. A frase é reconfortante, mas difícil de aplicar. Pense na última vez que o seu computador demorou para abrir um programa. O ódio que brotou em você ao desperdiçar aqueles segundos preciosos. Quando o assunto é customizar carros, a aflição com o tempo também se aplica. Quanto tempo você esperaria para um projeto ficar pronto ao seu gosto? 30 dias? Seis meses?

fiesta-som-fullpower-10
O proprietário deste Ford Fiesta 2014, um empresário que prefere não aparecer, esperou um ano e meio para que o carro ficasse pronto. E não foi por vacilo do pessoal da SS Som e Acessórios, muito pelo contrário. A loja especializada da capital paulista seguiu a risca tudo o que foi pedido no projeto. “O cliente fez questão de usar as rodas do Focus RS ano 2009. Foi muito difícil conseguir, mas ele entendeu e deixou o Fiesta parado até as redondas chegarem. Ele fazia questão”, explica Sergio Cunha, responsável pelo projeto do “futuro” ST.

fiesta-som-fullpower-8

BX GGRodas_610x200
A dificuldade surgiu porque as rodas da versão mais cabeçuda do Focus já não eram produzidas, mesmo o mercado de réplicas não contava com as redondas. “A gente até achou rodas muito parecidas. Porém, o cliente disse que sempre que olhasse para elas saberia que não era exatamente o que ele queria”, conta Sergio. A salvação veio da Infinity Rodas, importadora de Santa Catarina. Os caras conseguiram réplicas de 18 polegadas do RS. “O preço foi alto e ainda foi preciso pintá-las, mas o resultado valeu a paciência”, comemora Sergio, que mesmo assim precisou refazer a furação para encaixar o novo conjunto.
fiesta-som-fullpower-11
Enquanto a novela das rodas se desdobrava, a equipe da SS se concentrou no restante da lista de tarefas, e não era pouca coisa. Primeiro, o Fiesta 1.5 foi todo desmontado para receber revestimento acústico nas portas, teto e compartimento de bagagem. Só essa primeira etapa levou uma semana de trabalho. Para dar a cara ST ao Ford, a SS moldou em fibra de vidro as saias laterais e o aplique no para-choque traseiro. A grade, também ao estilo ST, foi customizada na loja. A cara de hatch esportivo ficou completa com o aerofólio.

fiesta-som-fullpower-6

BX Displatec_610x200
O Fiesta, que saiu de fábrica na configuração básica, ganhou faróis de xênon e piscas nos retrovisores. Toda a parte estética do exterior demorou 30 dias para ficar pronta. “A montagem em si foi rápida, mas as peças levaram tempo porque caprichamos no exterior no carro”, diz Sergio. A loja também mandou fazer todos os emblemas ST.

fiesta-som-fullpower-4
O interior do Ford, claro, não foi esquecido. A cabine tem referências à versão ST espalhadas por todo o habitáculo. Volante, painel do lado do passageiro, alavanca do freio de estacionamento e pedais tem os emblemas. Nem o miolo para a ignição foi esquecido. Os bancos em couro, inspirados nos do Mustang, completam o luxo extra no Fiesta que nasceu “peladão”.

fiesta-som-fullpower-5

BX Cral_610x200
Chegou a hora, finalmente, de instalar o sistema de som. “O objetivo era alcançar muita qualidade com boa relação custo-benefício”, explica Sergio. Outra orientação foi não comprometer o espaço no porta-malas. Por esse motivo, a opção foi usar um subwoofer de 8” acomodado no compartimento do estepe. “Também um amplificador que já vem integrado com um processador. Assim o conjunto ficou mais compacto”.

fiesta-som-fullpower
Na frente há kit 2 vias Morel Maxximo de 6”, que não usa crossover. “Fizemos o corte direto pelo processador para melhorar o palco sonoro”, conta Sergio. Também para garantir a qualidade do som, toda a angulação dos falantes e tweeters nas colunas foi feita com laser. “Assim podemos alinhar o equipamento com a posição do motorista e do passageiro”, explica. O rádio original foi mantido, porém, um sistema multimídia da Alpine foi colocado em cima do painel. Tudo encaixado e finalizado num suporte em fibra de vidro feito pela própria SS. A tel integra funções de navegação GPS, câmera de ré, TV digital e DVD, com disqueteira com capacidade de 6 discos. “Para preservar a qualidade do som do DVD, há um cabo ótico que o liga diretamente no amplificador. Isso proporciona um som mais limpo”.

fiesta-som-fullpower-7
Este Ford Fiesta 1.5 ganhou toda a roupagem do nervoso, o ST. É verdade que ele não acelera como irmão, mas não tem pressa quem esperou 1 ano e meio para o carro ficar do jeitinho que imaginou. A paciência rendeu bons frutos.